Atacante italiano Rossi se diz perplexo com corte da seleção

segunda-feira, 2 de junho de 2014 10:40 BRT
 

(Reuters) - O atacante Giuseppe Rossi demonstrou perplexidade nesta segunda-feira por ter sido cortado da escalação final da seleção italiana para a Copa do Mundo, a terceira vez seguida que ele fica de fora de um grande torneio.

O atacante do Parma Antonio Cassano foi escalado no lugae de Rossi, que há pouco se recuperou de uma lesão no joelho.

O atacante participou de uma semana de treino e jogou um amistoso no sábado contra a Irlanda, mas foi descartado pelo técnico Cesare Prandelli, que reduziu sua escalação preliminar de 30 jogadores para o time final de 23 que disputarão a Copa.

Rossi negou, nesta segunda-feira, que estivesse fora de forma.

“Todo mundo está dizendo que estou fora de forma: pergunte a qualquer um os resultados dos testes da semana passada e da partida”, disse pelo Twitter o atacante, originalmente nascido nos Estados Unidos.

"Você ficaria surpreso. Desafios? Medo? Que piada”, acrescentou Rossi, que seria provavelmente o atacante mais capaz da Itália caso estivesse de fato totalmente apto. “A coisa mais importante agora é dar apoio à Itália.”

Cassano tem brilhado pelo Parma, que terminou a atual temporada da primeira divisão italiana na sexta colocação, e vai ao Brasil junto com os atacantes Alessio Cerci, do Torino, e Ciro Immobile, recém-transferido do Torino para o Borussia Dortmund.

O meia Riccaro Montolivo também desfalcou a Itália após quebrar a perna em um choque acidental com o zagueiro irlandês Alex Pearce, no sábado. Alberto Aquilani assumiu sua vaga.

O meia do Paris St. Germain Marco Verratti ganhou um lugar na equipe após ter demonstrado bom desempenho contra Irlanda e o criativo atacante do Napoli Lorenzo Insigne foi preferido, em vez de Mattia Destro, do Roma.   Continuação...