Chile derrota Irlanda do Norte por 2 x 0, com volta surpresa de Arturo Vidal

quinta-feira, 5 de junho de 2014 10:42 BRT
 

SANTIAGO (Reuters) - A seleção do Chile derrotou a da Irlanda do Norte por 2 x 0 na quarta-feira à noite em sua despedida da torcida rumo ao Mundial, em uma partida cujo maior destaque foi a entrada do volante Arturo Vidal, grande astro chileno que retornou ao campo menos de um mês depois de uma operação no joelho.

O Chile se impôs com os gols de Eduardo Vargas e Mauricio Pinilla aos 34 e 37 minutos do segundo tempo, após assistências de Alexis Sánchez.

O treinador Jorge Sampaoli surpreendeu ao decidir colocar no segundo tempo Vidal, que passou por uma cirurgia em 7 de maio. O meio-campista da Juventus não mostrou sinais de dor e teve bastante contato com a bola.

O Chile jogou com apenas alguns titulares, já que Sampaoli busca variar na escalação da equipe, pensando no Mundial.

Gary Medel, Mauricio Isla, Eugenio Mena e Carlos Carmona foram os únicos titulares que entraram em campo na partida disputada na cidade portuária de Valparaíso.

O técnico argentino colocou no segundo tempo Sánchez, Vargas e Vidal, o que fez com que essa formação se aproximasse mais da que será escalada para o jogo inicial da Copa.

No entediante primeiro tempo, o Chile contou apenas com duas possibilidades de chegar ao gol, uma delas pelos pés de Jorge Valdivia e a outra com uma cabeçada de Esteban Paredes.

A segunda parte do jogo foi um pouco mais ativa e a equipe local mostrou mais movimentação com a entrada de Sánchez.

O Chile viaja nesta quinta-feira para o Brasil, onde fará sua preparação final para a estreia contra a Austrália, em 13 de junho, pelo Grupo B, no qual também enfrentará a Espanha e a Holanda.

(Reportagem de Javier Leira, em Santiago)