Ex-técnico inglês questiona confiança de Roy em Raheem após expulsão

segunda-feira, 9 de junho de 2014 13:15 BRT
 

RIO (Reuters) - A expulsão de Raheem Sterling no amistoso da Inglaterra com o Equador deu uma grande dor de cabeça ao técnico Roy Hodgson na véspera da estreia inglesa contra a Itália na Copa do Mundo, disse o ex-técnico da seleção da Inglaterra Glenn Hoddle.

O lateral do Liverpool recebeu um cartão vermelho por uma dividida com Antonio Valencia na semana passada, um lance que Hodgson admitiu ter sido irresponsável e que despertou revolta em Valencia, também expulso.

Desde então, Hodgson disse que o incidente não irá atrapalhar as chances de convocação de Sterling, mas Hoddle declarou no domingo que Hodgson agora tem que se perguntar o quanto pode confiar no jogador de 19 anos.

“Ele certamente teria pensado em escalá-lo no sábado (no amistoso com Honduras) com vistas a usá-lo contra a Itália”, disse.

“Agora Roy irá se perguntar o quanto pode confiar em Sterling", afirmou Hoddle em um artigo para a agência de apostas William Hill (www.williamhill.com/).

“Não dá nem para cogitar ficar com 10 homens diante da Itália, especialmente levando em conta que o jogo em Manaus será decidido nos 20 minutos finais, quando o cansaço se instala”, disse.

“A dúvida para o técnico da Inglaterra agora é se pode arriscar Sterling com os italianos, que são astutos.”

 
Jogador inglês Raheem Sterling durante treino no Rio de Janeiro. 9/6/ 2014.    REUTERS/Darren Staples