Presidente da confederação asiática será vice-presidente da Fifa

terça-feira, 10 de junho de 2014 12:58 BRT
 

(Reuters) - O presidente da Confederação Asiática de Futebol (CAF), Salman bin Ebrahim Al Khalifa, conseguiu um importante triunfo político na segunda-feira, quando uma votação no congresso extraordinário em São Paulo aprovou a fusão da presidência asiática da CAF com a vice-presidência da Fifa.

O xeique do Barein foi eleito no ano passado para substituir o desmoralizado Mohamed Bin Hammam, delegado do Catar que foi banido da Fifa em 2011 acusado de corrupção, por um mandato de dois anos à frente da entidade que governa o futebol na Ásia.

O próximo presidente da CAF, a ser eleito no ano que vem, vai automaticamente assumir a cargo de vice-presidente da Fifa, atualmente ocupado pelo príncipe da Jordânia, Ali Bin Al Hussein.

"Hoje, nós chegamos a uma decisão importante dentro do espírito da longa tradição democrática da CAF", disse o xeique Salman em comunicado.

"Nós decidimos que o assento de vice-presidente da Fifa deve ser ocupado pelo presidente da CAF. Nossas associações membras acreditam que essa é a decisão certa para nossa organização."

(Reportagem de Sudipto Ganguly)

 
Foto de arquivo do presidente da Confederação Asiática de Futebol, Salman Bin Ebrahim Al Khalifa, durante entrevista coletiva de abril de 2014 REUTERS/Bobby Yip