Espanhol David Silva crê que atuação no City impulsionou sua chances no Mundial

quarta-feira, 11 de junho de 2014 12:48 BRT
 

Por Tim Hanlon

BARCELONA (Reuters) - O meia David Silva acredita que o jogo baseado na troca de passes introduzido pelo técnico Manuel Pellegrini no Manchester City ajudou a destacar suas qualidades como jogador e passasse a brigar por uma vaga como titular na estreia da seleção da Espanha no Mundial, na sexta.

A Espanha dá início a sua defesa do título mundial contra a Holanda pelo Grupo B, em Salvador, e Silva luta para estar entre os titulares escolhidos pelo técnico Vicente del Bosque, tendo apresentado bons desempenhos nos últimos três amistoso preparatórios para o Mundial.

"Não tenho certeza se estou jogando o meu melhor, tive alguns anos muito bons, mas (agora) estamos jogando um futebol muito bom no (Manchester) City", disse Silva em uma entrevista ao jornal espanhol Marca a poucos dias da reedição da final do Mundial de 2010 entre Espanha em Holanda, vencida pelos espanhóis por 1 x 0 na prorrogação.

"A chegada de Pellegrini como técnico deu muito certo. Marcamos muitos gols e foi crucial para o meu futebol jogar no estilo dele. Por essa razão, acho que as pessoas me apreciaram mais."

Silva marcou oito gols nessa temporada e desempenhou um papel importante na conquista do título inglês pelo City, apesar de ter sofrido com problemas no tornozelo.

"Tive má sorte em sofrer lesões quando estava em boa fora, mas consegui voltar rápido e jogar bem", disse ele.

Del Bosque tem a seu dispor várias opções no ataque, incluindo a escolha por um 'falso centro-avente', um atacante que retorna para buscar a bola com os meias, papel desempenhado por Cesc Fàbregas em várias partidas durante a Eurocopa 2012.

"Eu joguei no segundo tempo dos últimos três jogos e minha abordagem continua a mesma --se você tem a chance, dê tudo que puder. É o que todos na equipe estão fazendo", disse Silva, que acreditar poder preencher o papel de falso centro-avante.

"Joguei nessa posição no (estádio) Azteca (contra o México) e contra a Escócia, em Alicante. Marquei gols nesses dois jogos e me senti confortável na posição. Ainda assim, não é a posição em que eu normalmente jogo", acrescentou o jogador.

Austrália e Chile são os outros adversários da Espanha no Grupo G do Mundial.

 
Jogador espanhol David Silva durante amistoso pré-Copa contra El Salvador em Landover, no Estado de Maryland, EUA.  7/06/2014. REUTERS/Gary Cameron