ENTREVISTA-Olheiro da seleção comemora ausência de croata Mandzukic

quarta-feira, 11 de junho de 2014 20:05 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Observador de adversários da seleção brasileira para o técnico Luiz Felipe Scolari, o ex-jogador Alexandre Gallo acompanhou de perto ao menos cinco jogos da Croácia, rival do Brasil na abertura da Copa do Mundo, e aposta num jogo duro na quinta-feira, mas comemora a ausência do centroavante adversário Mario Mandzukic.

O extenso relatório da Croácia foi entregue à comissão técnica do Brasil há alguns dias para que Felipão e o coordenador técnico Carlos Alberto Parreira pudessem estudar o adversário e testar em treinamentos o estilo de jogo croata.

Além de acompanhar de perto jogos completos da Croácia, Gallo reuniu uma coletânea de gols marcados e sofridos pelo adversário em diversas partidas ao longo dos últimos meses. Características específicas dos jogadores croatas também foram reunidas pelo olheiro.

“É uma equipe técnica, boa e será um jogo disputado”, disse Gallo à Reuters, em entrevista por telefone nesta quarta-feira, véspera da partida de abertura do Mundial.

O ex-jogador e agora observador da seleção brasileira prevê uma partida difícil para o Brasil na Arena Corinthians, em São Paulo, mas que seria ainda mais complicada se o atacante do Bayern de Munique Mandzukic não tivesse suspenso por ter sido expulso na repescagem europeia para o Mundial.

“Ele é o grande jogador da equipe, é o diferencial. Ainda bem para o Brasil que ele não está. É um pilar deles”, afirmou o observador da seleção brasileira, que também é o coordenador das categorias de base do Brasil.

Sem Mandzukic em campo, as atenções do Brasil devem estar voltadas para o meio-campista Luka Modric, do Real Madrid, atual campeão da Liga dos Campeões. O jogador é apontado como “o outro pilar croata“ e uma referência da seleção, de acordo com Gallo.

Enquanto Felipão garante que está pensando somente na estreia, o observador já está monitorando e mapeando os próximos rivais do Grupo A e potenciais adversários da segunda fase da Copa do Mundo. Gallo faz um raio-x de seleções como Chile, Uruguai, Holanda, Itália e Inglaterra.   Continuação...