Sem um centavo, torcedores colombianos viajam ao Brasil limpando vidros

quinta-feira, 12 de junho de 2014 12:59 BRT
 

Por Esteban Israel

SÃO PAULO (Reuters) - Há torcedores capazes de qualquer coisa por suas seleções.

Como os dois colombianos que, sem um centavo no bolso, subiram o rio Amazonas e percorreram mais de cinco mil quilômetros para incentivar seu time na Copa do Mundo, que começa nesta quinta-feira em São Paulo.

Parados em um semáforo diante da Arena Corinthians com as camisas amarelas da Colômbia, José Ignacio Olarte e Ricardo Sánchez lavam para-brisas em troca de moedas.

Foi assim, contam, que financiaram a aventura iniciada em 25 de maio em Bogotá.

"Saímos sem nada", diz Sánchez, motorista de ônibus de 31 anos. "Há gente solidária que nos convida a comer ou nos dá umas moedas", acrescentou.

Fazia 16 anos que a Colômbia não se classificava para um Mundial. Isso explica por que os torcedores colombianos compraram 54.500 ingressos para as partidos do torneio, os sextos depois de Brasil, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Argentina.

Apesar de sua aventura para chegar ao Brasil, Sánchez e seu amigo terão que se conformar em torcer do lado de fora do estádio.

"Não temos ingressos ", explica Olarte, "viemos apoiar a nossa seleção com o coração".   Continuação...

 
Torcedores tiram fotos durante treino da seleção da Colômbia em Cotia. 9/6/2014  REUTERS/Paulo Whitaker