Motoristas de ônibus de Natal decidem manter greve antes de jogo México x Camarões

quinta-feira, 12 de junho de 2014 16:08 BRT
 

(Reuters) - Trabalhadores rodoviários de Natal, uma das 12 cidades-sede da Copa do Mundo, decidiram nesta quinta-feira manter greve por tempo indeterminado como forma de cobrar reajuste salarial, informou a Agência Brasil.

Os rodoviários pedem reajuste salarial de 16 por cento e elevação do valor do vale-alimentação.

A cidade vai abrigar na sexta-feira partida México x Camarões às 13h, no Estádio das Dunas.

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Rio Grande do Norte (Sintro-RN) e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana de Natal não puderam ser contatados para comentar o assunto.

Segundo a Agência Brasil, a secretaria vai colocar um "plano B" em execução a partir de sexta-feira, permitindo que empresas de transporte escolar e veículos utilitários com dez lugares façam o transporte de passageiros.

A Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte informou que a greve não está atrapalhando as atividades de segurança e do Mundial.

"Está tudo dentro da normalidade", afirmou o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Estado, general Eliézer Girão Monteiro Filho.

(Por Alberto Alerigi Jr.)