Força da seleção espanhola não acabou ainda, diz técnico Del Bosque

quinta-feira, 12 de junho de 2014 19:36 BRT
 

Por Neil Maidment

SALVADOR (Reuters) - O técnico da Espanha, Vincente del Bosque, disparou um alerta nesta quinta-feira para quaisquer críticos que sugiram que a dominância de sua equipe campeã do mundo e da Europa possa estar perto do fim.

A Espanha chegou ao Brasil com 16 jogadores que integraram a seleção campeã do país na África do Sul, o maior número de jogadores vencedores entre qualquer seleção campeã do mundo, o que gerou sugestões de que a influência de veteranos como Xabi, Andrés Iniesta e Iker Casillas, todos com mais de 30 anos, pode estar se acabando.

Falando na véspera da estreia contra a Holanda, na sexta-feira, em Salvador, Del Bosque disse que sua equipe não veio ao Brasil devido a conquistas passadas, mas pelo o que poderá fazer agora.

"Não estou com medo do futuro", disse ele a repórteres. "Temos uma equipe com jogadores com menos de 21 anos recém campeões europeus, temos 30 por cento mais novos jogadores em comparação a 2010", acrescentou.

Del Bosque disse que sua equipe está bem preparada para a partida contra os holandeses, que será uma repetição da final da Copa de 2010.