Felipão rebate técnico croata e diz que árbitro acertou ao marcar pênalti

quinta-feira, 12 de junho de 2014 21:21 BRT
 

Por Tatiana Ramil

SÃO PAULO (Reuters) - O técnico Luiz Felipe Scolari rebateu as críticas do colega croata, Niko Kovac, ao árbitro japonês Yuichi Nishimura e afirmou que o juiz acertou ao marcar pênalti sobre Fred no segundo tempo do jogo em que o Brasil venceu a Croácia por 3 x 1, nesta quinta-feira, na partida de abertura da Copa do Mundo.

"Para mim foi pênalti, vi 10 vezes o lance e para mim foi pênalti. Isso é uma coisa para cada um interpretar, se o árbitro interpretou, é uma interpretação do árbitro e encerramos o jogo assim. A interpretação é dele", disse Felipão em entrevista coletiva após a partida na Arena Corinthians, em São Paulo.

Fred, que estava apagado na partida até então, caiu dentro da área em uma disputa de bola com Dejan Lovren, e o árbitro Nishimura, o mesmo que apitou o jogo em que o Brasil foi eliminado pela Holanda na Copa de 2010, assinalou penalidade.

Neymar cobrou e marcou o gol da virada do Brasil para 2 x 1, apesar de o goleiro Pletikosa ter tocado na bola. Oscar fez 3 x 1 no final da partida.

Kovac fez críticas duras à arbitragem e a culpou pela derrota de seu time.

“Com relação ao pênalti, se alguém no estádio viu que foi pênalti, que levante a mão. Eu não consigo levantar a mão”, disse Kovac em entrevista coletiva.

O treinador acrescentou que se foi pênalti na disputa entre Fred e Lovren, que ainda tomou cartão amarelo, vão ter 100 penalidades por partida e que a decisão do árbitro foi “ridícula”.

“Quando a gente está jogando em algum lugar, o anfitrião pode ter alguma vantagem. Mas estamos jogando futebol e o slogan da Fifa é respeito, ambas as equipes merecem respeito”, afirmou o ex-jogador da seleção croata.   Continuação...

 
Juiz Yuichi Nishimura marca pênalti para o Brasil durante partida contra a Croácia, na abertura da Copa do Mundo na Arena Corinthians, em São Paulo. 12/6/2014 REUTERS/Murad Sezer