Seleção reconhece erros e espera equipe mais solta daqui para frente

quinta-feira, 12 de junho de 2014 22:05 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O capitão da seleção brasileira, Thiago Silva, reconheceu que os atletas da equipe cometeram erros na estreia no Mundial contra a Croácia, nesta quinta-feira, e espera que o time jogue mais solto nas próximas partidas, a partir do duelo contra o México em cinco dias, já sem a ansiedade do primeiro jogo.

"Todo mundo está voltado para esse jogo (estreia), isso gera uma ansiedade, você erra mais que o normal", disse o zagueiro a jornalistas após a partida.

O Brasil saiu atrás do placar na Arena Corinthians quando a Croácia fez uma jogada pelo lado direito da defesa brasileira e Marcelo acabou marcando o primeiro gol contra da história da seleção em Copas.

"Ligou um botão de alerta, acho que a gente não podia ter tomado um gol da maneira que tomamos. Mas isso acontece especialmente numa estreia. Você é pego de surpresa em alguns momentos", disse.

Para a partida contra os mexicanos, em Fortaleza, o zagueiro do Paris St. Germain espera que a equipe se solte mais e desenvolva melhor o seu jogo.

"Acho que tiramos um grande peso das costas", disse, reconhecendo que o jogo não estava bom para os laterais da seleção -- Daniel Alves pela direita e Marcelo pela esquerda.

Embora aposte que a equipe jogará mais solta, o capitão reconheceu que as dificuldades para a seleção na primeira fase ainda não acabaram.

"Com certeza serão mais duas pedreiras", previu.

Após enfrentar o México, o Brasil encerrará sua participação no Grupo A contra Camarões, em Brasília, no dia 23.

(Reportagem de Eduardo Simões)

 
Jogador brasileiro Thiago Silva durante partida contra Croácia, na abertura da Copa do Mundo, na Arena Corinthians, em São Paulo. REUTERS/Kai Pfaffenbach