Chefe de arbitragem da Fifa diz que pênalti em Fred foi duvidoso

sexta-feira, 13 de junho de 2014 12:28 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O chefe de arbitragem da Fifa, Massimo Busacca, aifrmou nesta sexta-feira que o lance do pênalti a favor do Brasil na vitória por 3 x 1 sobre a Croácia foi duvidoso e que ainda não definiu se o arbitro japonês Yuchi Nishimura será punido por assinalar a penalidade em Fred no jogo de abertura da Copa do Mundo.

Bussaca, ex-árbitro de Mundias, afirmou que houve contato do zagueiro croata Lovren com o atacante do Brasil, apesar de a televisão ter mostrado que Fred desabou dentro da área simplesmente ao ser encostado de leve pelo adversário.

O pênalti, convertido por Neymar no segundo tempo, foi decisivo para a vitória brasileira na estreia na Copa, em São Paulo, uma vez que o jogo estava equilibrado e empatado em 1 x 1 até aquele momento.

"Em arbitragem há situações nítidas e definidas e outras não. Não podemos chegar a uma conclusão", disse o suíço em entrevista coletiva nesta sexta no Maracanã.

"O árbitro estava numa boa posição e a imagem confirma o contato. Vi a imagem ontem e hoje tem outra imagem com contato primeiro com a mão esquerda e depois com a direita. Se o juíz vê o contato permite ao árbitro chegar a uma linha de pensamento", acrescentou.

Sobre o futuro do árbitro na Copa do Mundo, Bussaca disse que "ainda não está definido".

O chefe de arbitragem da Fifa também descartou que o pênalti tenha sido marcado para favorecer o país anfitrião do Mundial.

"Você não pensa para quem você está dando a decisão. Temos que acreditar que os árbitros são honestos e tomam decisão com a preparação. Isso é fantasia (favorecimento ao Brasil)."

O pênalti marcado sobre Fred gerou uma reação furiosa da seleção da Croácia. O técnico Niko Kovac disse que a decisão do árbitro foi "ridícula" e que "vamos ter um circo" se a arbitragem continuar dessa forma.   Continuação...

 
Árbitro Yuichi Nishimura marca pênalti em Fred. 12/06/2014 REUTERS/Murad Sezer