CURTAS-Fifa vai apurar se Croácia inundou vestiário da Arena Corinthians de propósito

sexta-feira, 13 de junho de 2014 17:27 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Fifa está apurando uma denúncia contra a seleção da Croácia, que teria propositadamente inundado o vestiário da Arena Corinthians que utilizou na partida de abertura da Copa do Mundo.

A medida seria uma ato de revolta e indignação dos croatas com a arbitragem que marcou pênalti de Lovren em Fred, quando a partida estava 1 x 1, permitindo ao Brasil virar o marcador após cobrança de Neymar.

Andrés Sanchez, responsável pela Arena Corinthians, reclamou da maneira que os croatas deixaram o vestiário após a partida.

A Fifa já contactou seus funcionários e emissários que estiveram no estádio para analisar se tomará eventuais medidas contra os croatas.

“Tem que ver o que aconteceu para fazer qualquer coisa... não seria justo falar só com base no que ouvimos. Precisamos conversar com a equipe local”, afirmou o diretor de Marketing da entidade, Thierry Weil.

ARBITRAGEM

O chefe de arbitragem da Fifa, Massimo Bussaca, afirmou que não haverá um critério “continental” para definir os árbitros das partidas da Copa do Mundo.

Segundo ele, a presença de um árbitro japonês na partida de abertura da Copa do Mundo entre Brasil, país sul-americano, e Croácia, seleção europeia, foi uma decisão técnica, mas não um critério rígido e obrigatório para os próximos jogos.   Continuação...

 
Jogadores da seleção da Croácia cercam árbitro após marcação de pênalti em partida contra o Brasil. 12/06/2014.  REUTERS/Fabrizio Bensch