Torcedores esperam que França supere fiasco de 2010

sábado, 14 de junho de 2014 16:55 BRT
 

Por Angus MacSwan

PORTO ALEGRE (Reuters) - A revolução francesa na última Copa do Mundo ainda assombra os torcedores que atravessaram o Atlântico para apoiarem os azuis no Brasil.

Em 2010 os jogadores se revoltaram contra o então técnico Raymond Domenech e voltaram para casa de fininho depois de uma campanha vergonhosa. 

Desta vez, no entanto, os torcedores estão confiantes de que a equipe passará com facilidade pela modesta Honduras na partida de estreia do Grupo E em Porto Alegre no próximo domingo, para finalmente enterrar o fantasma da campanha na África do Sul. 

"Nós vamos vencer o jogo, eu espero", disse Dimitri Letourniant, arquiteto de 38 anos da região da Normandia. "A participação na África do Sul foi uma vergonha, a França inteira se envergonhou". 

Letourniant planeja seguir a equipe de Porto Alegre até Salvador, e acompanhar o último jogo da primeira fase no Rio de Janeiro.

"Se eles não desencantarem desta vez, nós os mataremos. É muito trabalho e muito dinheiro para que possamos vir pra cá", afirmou o torcedor. 

Ele e outros torcedores elogiaram o técnico Didier Deschamps, afirmando que ele é um líder de mão firme que trouxe estabilidade para a seleção francesa. 

"Temos um bom treinador. Isso é o mais importante. Os jogadores negativos estão fora. É a vez dos mais novos".    Continuação...