Em jogo dramático, Suíça marca nos acréscimos e vence o Equador

domingo, 15 de junho de 2014 17:32 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - Haris Seferovic marcou nos acréscimos do segundo tempo e selou a emocionante virada da Suíça sobre o Equador por 2 x 1 em um divertido jogo de abertura do Grupo E da Copa do Mundo neste domingo.

O atacante, que entrou no segundo tempo, estava desmarcado na primeira trave quando converteu o cruzamento vindo da esquerda aos 48 minutos da segunda etapa, após rápido contra-ataque que deixou os torcedores suíços em êxtase.

A Suíça dominou a posse de bola durante a maior parte do tempo no Mané Garrincha, onde milhares de torcedores acabaram perdendo o pontapé inicial devido a longas filas para revista de segurança, mas a equipe vermelha acabou saindo atrás no placar. 

Aos 22 minutos, o atacante Enner Valencia se livrou facilmente de Johan Djourou, subiu sozinho e completou a cobrança de falta de Walter Ayovi para marcar, deixando o goleiro Diego Benaglio sem reação. 

Os suíços tentavam romper a defesa do time sul-americano em busca do empate, mas se limitavam a chutes de longa distância. No intervalo, o técnico Ottmar Hitzfeld optou por colocar o atacante Admir Mehmedi para melhorar o poder ofensivo da equipe. 

E o atacante substituto precisou de apenas três minutos para justificar a presença, ao superar Carlos Gruezo no alto e cabecear para o fundo das redes equatorianas após cobrança de escanteio.

O gol de empate deixou a partida bem aberta, com as duas equipes alternando ataques, mas faltava a ambos calma e qualidade para o arremate final. 

Os suíços, que haviam vencido a Espanha no primeiro jogo da Copa da África do Sul há quatro anos e depois acabaram eliminados ainda na primeira fase, pensaram ter alcançado o gol da vitória com Josip Drmic aos 25 minutos da segunda etapa, mas o árbitro anulou o tento apontando impedimento, que não houve.

Mas isso pouco importou quando Seferovic, nos instantes finais, deu à Suíça os três pontos.

França e Honduras se enfrentam neste domingo na segunda partida do Grupo E, em Porto Alegre.

(Por Patrick Johnston)

 
Suíço Haris Seferovic comemora depois de marcar gol que sacramentou vitória sobre o Equador na partida de estreia em Brasília. 15/6/2014 REUTERS/Paul Hanna