Schumacher sai do coma e é transferido para hospital na Suíça

segunda-feira, 16 de junho de 2014 13:54 BRT
 

PARIS/LAUSANNE Suíça (Reuters) - O ex-campeão de Fórmula 1 Michael Schumacher, que sofreu severa lesão na cabeça após um acidente de esqui no final de 2013, está fora do coma e foi transferido, nesta segunda-feira, de um hospital francês para um suíço para continuar sua reabilitação, disseram os hospitais envolvidos.

“Michael deixou o (hospital) CHU Grenoble para continuar sua longa fase de reabilitação. Ele não está mais em coma”, disse a porta-voz da família dele, Sabine Kehm, em um comunicado.

“Para o futuro, buscamos compreensão de que sua reabilitação acontecerá longe da atenção do público”, disse Kehm sobre Schumacher, que fez 45 anos neste ano. Ela não disse para onde o ex-piloto tinha sido transferiro.

Pouco depois, porém, um porta-voz do Hospital Universitário de Lausanne, no oeste da Suíça, informou que Schumacher havia ido para lá. “Ele está aqui, chegou nesta manhã”, disse Darcy Christen à Reuters.

Ele não quis dizer em qual unidade Schumacher, cuja família mora em uma cidade entre Lausanne e Genebra, estava sendo tratado, citando sigilo médico e privacidade da família.

O centro hospitalar universitário de Lausanne é um grande e moderno complexo situado nas imediações do lago Genebra.

O alemão, que conquistou o recorde de 91 vitórias em grandes prêmios e deixou de correr em 2013 após um decepcionante retorno às pistas, bateu a cabeça enquanto esquiava fora da pista regular na estância turística de Meribel, nos Alpes franceses, em 29 de dezembro.

RECUPERAÇÃO   Continuação...

 
Carro de emissora de TV em frente ao Hospital Universitário de Laussane. 16/06/2014 REUTERS/Denis Balibouse