Mueller fica surpreso pela facilidade da vitória da Alemanha sobre Portugal

segunda-feira, 16 de junho de 2014 19:03 BRT
 

Por Mark Gleeson

SALVADOR (Reuters) - Thomas Mueller e seus colegas da seleção da Alemanha mal podiam acreditar quando viram o placar no começo do primeiro tempo e perceberam que estavam ganhando de Portugal por 2 x 0 em sua estreia na Copa do Mundo, nesta segunda-feira.

O atacante alemão havia marcado o primeiro de seus três gols na vitória por 4 x 0 sobre os rivais mais temidos no Grupo G, e logo estaria mais envolvido no jogo que destruiu as esperanças de uma reviravolta de Portugal.

"Olhamos para cima e pensamos 'Nossa!'", disse Mueller à rede alemã de televisão ARD.

"Tínhamos ainda uma longa partida à frente e estava muito calor."

As coisas ficaram ainda mais quentes para Mueller 25 minutos depois, quando ele estava envolvido no incidente com o defensor português Pepe que resultou no terceiro cartão vermelho da Copa do Mundo.

Mueller disse ter sentido o punho de Pepe acertar sua cabeça enquanto os jogadores disputavam a bola, e o alemão caiu ao chão.

Pepe, nervoso com o que pensou ser uma queda exagerada de Mueller, correu até o adversário no chão e pressionou sua testa contra a do alemão.

Mueller saltou do chão e os dois tiveram um momento de tensão antes de serem separados. Pepe foi expulso.

Mueller, que ganhou a Chuteira de Ouro na Copa do Mundo de 2010 como artilheiro, disse que não buscou um confronto com Pepe, mas que não iria abaixar a cabeça para o defensor.

 
Thomas Mueller comemora gol da Alemanha contra Portugal. REUTERS/Dylan Martinez