Polícia prende 14 pessoas em protesto contra Mundial em Curitiba

segunda-feira, 16 de junho de 2014 20:43 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A polícia prendeu 14 pessoas nesta segunda-feira durante uma manifestação contra a Copa do Mundo perto da Arena da Baixada, em Curitiba, onde jogaram Nigéria e Irã, disseram autoridades de segurança locais.

Um grupo de manifestantes destruiu vidraças de bancos e lojas após um protesto contra o Mundial, de cerca de 200 pessoas, que foram dispersadas pela polícia perto da Arena da Baixada, afirmou à Reuters uma porta-voz do centro de comando da segurança do Estado.

Em outro protesto, na cidade de Natal (RN), os manifestantes queimaram uma bandeira dos Estados Unidos poucas horas antes da primeira partida dos norte-americanos na Copa do Mundo, contra Gana.

A pequena manifestação, que seguia para a Arena das Dunas, foi dispersada pela polícia sem quaisquer confrontos, informou a mídia local.

Protestos de brasileiros indignados com os gastos com a Copa do Mundo perderam ímpeto desde o início do torneio, que vai até 13 de julho.

No ano passado, durante a Copa das Confederações, centenas de milhares de pessoas saíram às ruas para protestar contra a corrupção, os serviços públicos ruins e os gastos excessivos com eventos esportivos.

(Reportagem de Alonso Soto)