Técnico do Irã se diz satisfeito com empate contra Nigéria

segunda-feira, 16 de junho de 2014 20:48 BRT
 

Por Keith Weir

CURITIBA (Reuters) - O apático empate do Irã em 0 x 0 com a Nigéria foi recebido com vaias por decepcionados torcedores brasileiros, mas o técnico da seleção iraniana, Carlos Queiroz, viu beleza na disputa, determinação e disciplina mostrada por seus jogadores.

Os campeões africanos dominaram a partida pelo Grupo F na Arena da Baixada, em Curitiba, por diversos períodos do jogo, mas não conseguiram romper a dura defesa iraniana, levando ao primeiro empate da Copa do Mundo.

Queiroz não deu desculpas por suas táticas e defendeu seus jogadores por terem celebrado o ponto, apenas o sexto ponto que o Irã já marcou em quatro participações em Mundiais.

"O futebol, às vezes, quando você joga com grande atitude, com comprometimento, com alma, emoções, tensões também podem deixar o jogo atraente", disse a repórteres o técnico nascido em Moçambique.

"É claro que as pessoas preferem ver quatro ou cinco gols, eu entendo isso, mas para nós, preferimos ir para casa com um ponto".

"Não temos jogadores do Liverpool, Chelsea e Lazio em nossa equipe. Meus jogadores celebraram o duro trabalho, a concentração, a atitude. Eles mereceram celebrar".

 
Técnico da seleção do Irã, Carlos Queiroz, durante partida contra Nigéria na Arena da Baixada, em Curitiba. 16/6/2014 REUTERS/Ivan Alvarado