França se beneficia de retorno de Benzema à boa forma

terça-feira, 17 de junho de 2014 17:28 BRT
 

Por Rex Gowar

(Reuters) - Com o peso das opções de ataque da seleção da França em seus ombros devido à ausência de Franck Ribéry, Karim Benzema fez um belo começo de Copa do Mundo.

Benzema, que no mês passado ajudou o Real Madrid a vencer sua 10a Liga dos Campeões, ficou perto de marcar três gols na vitória da França por 3 x 0 contra Honduras pelo Grupo F, marcando duas vezes e fazendo o goleiro Noel Valladares entregar um gol contra.

A cena foi muito diferente, entretanto, antes de a França ter garantido um lugar no Mundial no jogo de volta contra a Ucrânia em novembro, com Benzema marcando gol e ajudando na classificação dos franceses.

O técnico Didier Deschamps havia tirado Benzema da equipe em setembro, com a França sofrendo nas eliminatórias, e ele saiu do banco de reservas e marcou o último gol em uma goleada por 6 x 0 em amistoso contra a Austrália em outubro, encerrando uma seca de gols pela seleção que já durava 16 meses.

"O momento importante para ele foi quando ele veio e marcou. A torcida tirou sarro dele, mas ele reagiu muito bem. Isso mudou muitas coisas", disse Deschamps na concentração da França em Ribeirão Preto, em declarações publicadas no jornal esportivo L’Equipe nesta terça-feira.

Benzema desde então marcou oito gols em sete partidas da França.

"É mérito dele", disse Deschamps. "Ele olhou para dentro dele mesmo para encontrar força, aquela raiva que o faz tão importante (para nós)".

O goleiro Hugo Lloris disse que Benzema, em sua melhor forma, ajudará a França a superar a ausência de Ribéry, cortado por causa de uma lesão.

"Ele veio de uma boa temporada no Real Madrid. Ele é um grande jogador... Com a ausência de Franck, ele tem mais responsabilidades, mas ele é um jogador que adora isso", disse Lloris, que teve pouco trabalho durante a partida contra Honduras, desfalcada por uma expulsão.