17 de Junho de 2014 / às 23:29 / em 3 anos

Em Copacabana, torcida brasileira fica tensa e mexicanos sentem alívio após 0 x 0

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os brasileiros que compareceram em massa à praia de Copacabana para assistir à partida da seleção contra o México nesta terça-feira, em Fortaleza, ficaram apreensivos com a atuação do time, enquanto muitos mexicanos se mostraram aliviados com o 0 x 0.

Apesar da frustração pela falta de gols, o clima no Fan Fest no final da partida foi de festa.

”Acho que Felipão tinha que mexer mais, demorou muito a tirar o Fred. A seleção está jogando com garra, mas falhou o meio-campo, precisa se organizar melhor”, disse o aposentado Carlos Santos, de 52 anos, morador de Copacabana.

Santos é assíduo frequentador da estrutura de 42 mil metros quadrados, montada na areia, pela Fifa. “Deixo a televisão em casa e venho para cá. Na muvuca é muito melhor”, disse.

No fim, o 0 x 0 despertou o lado treinador dos torcedores, que não resistiram a dar palpites e pedir mudanças.

“A partida não foi muito boa. A seleção esta igual a Portugal, que joga em volta de um só jogador, o Neymar. Desse jeito vai chegar na semifinal no máximo”, disse Grabiel Tinoco, de 28 anos.

Os mexicanos sentiram-se aliviados, mas também não deixaram de opinar e uma unanimidade dominava as análises: o goleiro Guillermo Ochoa, escolhido pela Fifa o melhor jogador da partida.

“Nos salvamos! Foi um pouco lento, muito poucas oportunidades, mas Ochoa nos salvou e empatar com o Brasil no Brasil é sempre motivo de alegria”, disse o mexicano Aldo Villareal, de 27 anos e da cidade de Queretaro, que estava com a mulher grávida de seis meses no Fan Fest.

Para Marco Trevino, de 26 anos, que veio da Cidade do México, o resultado foi bom, mas não há o que comemorar.

“Foi um partida muito fechada e foi o goleiro Ochoa quem salvou o México. O México é uma equipe bastante compacta, mas tem que melhorar sua qualidade para ir mais longe.”

SEM INGRESSO, A SAÍDA É A PRAIA

Se o bairro de Copacabana é a referência principal de muitos estrangeiros que visitam o Rio de Janeiro e o Brasil, durante a Copa a estrutura da Fifa montada na praia se tornou o ponto de encontro da maior parte dos torcedores estrangeiros na hora de assistir às partidas.

Um grupo de argelinos, por exemplo, sem saber o que fazer após ter o seu voo para Belo Horizonte cancelado devido à neblina que atingiu o Rio de Janeiro na manhã desta segunda-feira, foi direto do aeroporto Santos Dumont para a praia. E teve mais uma decepção: a Argélia foi derrotada pela Bélgica.

O mesmo destino acabou tendo um chileno que ia embarcar junto com os argelinos.

“Tínhamos ingresso para o jogo, mas como não conseguimos embarcar não pensamos duas vezes, aqui foi o único lugar em que pensamos vir”, disse George el Alam, de 37 anos, que usava uma camisa da seleção palestina, segurando o tíquete desperdiçado nas mãos.

Restou a ele e ao amigo Hector Riquelme juntar-se à legião de compatriotas que chegou ao Rio para assistir ao duelo entre Chile e Espanha, na segunda rodada pelo Grupo B, quarta-feira no Maracanã.

Desde a abertura da competição, quase 200 mil pessoas já enfrentaram as longas filas e as revistas para ver os jogos nem sempre de perto do telão de 150 metros quadrados.

Após Copacabana se ver invadida por milhares de argentinos que vieram assistir ao jogo contra a Bósnia no Maracanã, dia em que o Fan Fest atingiu recorde de público com mais de 41 mil pessoas, nesta segunda os brasileiros compareceram em massa para disputar espaço com os sombreros e personagens de Chaves.

“Vamos vir para cá durante os 19 dias que ficamos no Brasil”, disse o mexicano Roberto Kochli, que veio para o Mundial com os dois filhos e mais cinco familiares e está hospedado em um hotel em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ele não possui nenhum ingresso para as partidas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below