18 de Junho de 2014 / às 15:58 / 3 anos atrás

SAIBA MAIS-Os cinco melhores gols da 1ª rodada escolhidos pela Reuters

Meia holandês Robin van Persie marca gol contra a Espanha em Salvador. 13/06/2014Michael Dalder

SÃO PAULO (Reuters) - A primeira rodada da Copa do Mundo produziu alguns gols espetaculares. Veja abaixo os cinco melhores até agora, escolhidos pela Reuters.

Robin van Persie (Holanda 5 x 1 Espanha)

Um gol espetacular que combinou com um resultado sensacional devido à vitória de virada da Holanda sobre a atual campeã do mundo Espanha, em Salvador.

Com a Espanha liderando o jogo por 1 x 0 após pênalti convertido por Xabi Alonso aos 27 minutos do primeiro tempo, Van Persie fugiu do impedimento para correr em direção à bola e se jogar no ar para um peixinho perfeito.

A cabeçada em mergulho do capitão holandês encobriu o goleiro espanhol Iker Casillas e empatou a partida.

“Foi um gol brilhante, tenho que admitir”, disse Van Persie. “Foi um risco que assumi, mas pouco antes do passe eu vi Iker Casillas fora do gol”.

Lionel Messi (Argentina 2 x 1 Bósnia)

O camisa 10 da argentina escolheu o momento perfeito para fazer seu primeiro gol em Copa do Mundo em oito anos.

Com a Argentina liderando a partida por 1 x 0 sobre os estreantes em Copa da Bósnia, o jogador, considerado por quatro anos com o melhor do mundo, acendeu o Maracanã aos 20 minutos do segundo tempo, driblando um defensor e fazendo tabela com Gonzalo Higuaín antes de acertar um chute certeiro de esquerda para o gol.

Foi o primeiro gol dele em Copa do Mundo desde que marcou na vitória de 6 x 0 da Argentina sobre Sérvia e Montenegro há quase oito anos.

Haris Seferovic (Suíça 2 x 1 Equador)

Seferovic finalizou um rápido contra-ataque nos acréscimos do jogo para dar à Suíça uma emocionante vitória por 2 x 1 contra o Equador, mas a arbitragem de Ravshan Irmatov também participou da jogada.

O brilhante bloqueio de Valon Behrami na grande área da Suíça iniciou a jogada, e o juiz uzbeque Irmatov permitiu que a jogada continuasse até o território do Equador ao dar vantagem apesar do contato corporal mais brusco entre os jogadores.

À medida que a jogada continuou e a bola foi lançada, Seferovic partiu através da defesa do Equador e disparou contra o gol adversário, fazendo a alegria dos suíços.

Clint Dempsey (Estados Unidos 2 x 1 Gana)

O norte-americano levou apenas 30 segundos de jogo para colocar sua seleção à frente de Gana, marcando um dos gols mais rápidos já feitos em uma Copa do Mundo.

Dempsey, que tornou-se o primeiro jogador dos EUA a marcar em três Copas do Mundo, pegou a bola em um lançamento na grande área de Gana e foi em direção ao gol.

Mostrando excelente domínio de bola em alta velocidade, o capitão dos EUA passou por dois defensores na área e disparou um chute de perna esquerda que balançou a rede.

O gol de Dempsey foi o quinto mais rápido da história das Copas. Hakan Sukur, da Turquia, tem o recorde de gol mais rápido, após ter marcado apenas 11 segundos depois do começo da partida contra a Coreia do Sul, em 2002.

Arjen Robben (Holanda 5 x 1 Espanha)

O meia holandês Robben teve um excelente desempenho contra a Espanha ao desbancar a defesa espanhola numa arrancada desde seu próprio campo enganando o goleiro Iker Casillas com dois dribles, antes de chutar com sua perna esquerda.

Comentários na imprensa disseram que o jogador de 30 anos alcançou 37 quilômetros por hora durante sua disparada, a maior velocidade já alcançada em um jogo da Fifa. O campeão olímpico e recordista mundial Usain Bolt chegou a marcar 45 quilômetros por hora.

O gol de Robben fechou com chave de ouro a goleada holandesa.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below