A três dias de jogo decisivo, Felipão ainda não preparou time em campo

sexta-feira, 20 de junho de 2014 18:37 BRT
 

Por Pedro Fonseca

TERESÓPOLIS, Rio de Janeiro (Reuters) - Um dia de folga, um treino só dos reservas e uma atividade técnica e depois recreativa. A três dias do jogo decisivo contra Camarões, foi isso que a seleção brasileira fez até agora depois do empate sem gols com o México, o que significa que o time que buscará vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo ainda não treinou junto desde a última partida.

O técnico Luiz Felipe Scolari, que poupou os titulares do treino de quinta-feira sob chuva forte na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), apesar da folga na véspera, levou a campo todos os jogadores de linha nesta sexta, mas a atividade foi voltada para aspectos técnicos.

Em nenhum momento o treinador colocou o time que pretende escalar contra Camarões para treinar junto.

O único jogador que não participou do treino desta sexta foi o goleiro Julio Cesar. De acordo com a Confederação Brasileira de Futebol, (CBF), ele ficou na academia realizando trabalho específico e não há qualquer problema físico.

O treinamento de 1 hora e 30 minutos foi focado em cruzamentos, finalizações, triangulações e jogadas de área, tanto no ataque como na defesa. Felipão colocou o auxiliar Flávio Murtosa para treinar os zagueiros e se encarregou das jogadas de ataque, setor que preocupa devido à falta de criatividade no empate com o México.

Nos minutos finais, os jogadores disputaram um rachão em dois toques, mas os times foram misturados e não houve separação entre titulares e reservas.

"Eles estão dando o treino errado. Isso é Copa do Mundo, tinha que estar treinando o time, dando conjunto, a seleção brasileira precisa mostrar muito mais do que vem mostrando até agora", disse à Reuters o ex-atacante do Brasil e atual comentarista de TV Dadá Maravilha, que tem acompanhado os treinos da seleção na Granja Comary.

Felipão terá só mais dois treinamentos para preparar o time antes do jogo de segunda contra Camarões: sábado na Granja e domingo no Estádio Nacional Mané Garrincha, local da partida, em Brasília. O treino de reconhecimento do gramado será fechado para a imprensa, o que não aconteceu até o momento em nenhuma atividade no centro de treinamento da seleção.   Continuação...

 
Técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, dá treinamento em Teresópolis. 20/06/2014. REUTERS/Marcelo Regua