Brasil descarta possível escolha de adversário nas oitavas

sábado, 21 de junho de 2014 15:03 BRT
 

TERESÓPOLIS Rio de Janeiro (Reuters) - A seleção brasileira mantém o objetivo de se classificar em primeiro lugar do grupo, independentemente da possibilidade de escolher o adversário das oitavas de final entre Chile e Holanda, afirmou o lateral-direito Daniel Alves neste sábado.

O Brasil joga com Camarões na segunda-feira, em Brasília, precisando de ao menos de um empate para avançar à próxima fase, sem depender do resultado de Croácia e México. Se vencer, a seleção brasileira tem boa chance de passar em primeiro do Grupo A, mas ainda vai depender do resultado do outro jogo da chave.

A equipe do técnico Luiz Felipe Scolari vai entrar em campo já sabendo a ordem dos classificados do Grupo B e, consequentemente, quem vai enfrentar no mata-mata se passar em primeiro ou em segundo.

Já classificados, Holanda e Chile se enfrentam mais cedo também na segunda-feira apenas para definir primeiro e segundo do grupo.

“Nosso objetivo é ser primeiro. Futebol você paga se escolher o caminho errado. Não podemos escolher esse ou aquele porque pode ser o caminho errado. Não podemos pensar em classificar em segundo”, disse Daniel Alves em entrevista coletiva na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), antes do treino da equipe.

“Segundo colocado só sobe no pódio para parabenizar o primeiro. Queremos ser primeiro e eliminar os adversários até a final. Não podemos perder essa direção“, acrescentou.

Chile e Holanda são dois times que se destacaram na primeira fase da Copa do Mundo ao se classificarem de forma antecipada derrotando a atual campeã mundial, Espanha.

Antes da Copa do Mundo, Felipão disse que preferia enfrentar um adversário europeu a ter que pegar os chilenos nas oitavas de final, preocupado com a força do time sul-americano em uma Copa do Mundo realizada no continente.

A Holanda, no entanto, eliminou o Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, e mostrou que ainda permanece perigosa com atacantes como Arjen Robben e Robin Van Persie.   Continuação...

 
Técnico da seleção, Luiz Felipe Scolari, dá instruções a lateral Daniel Alves durante partida contra o México. 17/06/2014. REUTERS/Mike Blake