Estrela do futebol feminino dos EUA é presa por agredir irmã e sobrinho

sábado, 21 de junho de 2014 18:23 BRT
 

(Reuters) - Hope Solo, goleira da seleção feminina de futebol dos Estados Unidos, foi presa na madrugada de sábado por bater na irmã e no sobrinho adolescente durante uma discussão em sua casa, em um subúrbio de Seattle, disse a polícia.

Os policiais que atenderam o chamado na casa de Solo em Kirkland, pouco depois da meia noite, chegaram a ouvir o barulho causado pela "confusão", de acordo com uma declaração da polícia.

Solo, de 32 anos, parecia estar embriagada, disse a polícia, e seu sobrinho de 17 anos e sua irmã estavam visivelmente feridos.

A estrela do futebol estava dando uma festa em sua casa quando a discussão aconteceu, informou o Seattle Times.

Solo está presa sem direito à fiança na cadeia local por duas acusações de agressão por violência doméstica, de acordo com seu registro como detenta.

Representantes da seleção norte-americana de futebol e do Reign FC, time de Seattle onde Solo joga como profissional, disseram que estavam cientes de sua prisão, mas se recusaram a comentar a situação.

Seu marido, Jerramy Stevens, é um ex-jogador da NFL, a Liga Nacional de Futebol Americano, e jogou no Seattle Hawks e no Tampa Bay Buccaneers.

Apenas algumas horas antes do casamento dos dois, em novembro de 2012, a polícia prendeu Stevens acreditando que ele tinha agredido Solo, mas ele foi solto por insuficiência de provas, e a acusação não foi levada adiante, segundo reportagens da mídia.

Não ficou claro se Solo tem um advogado. Solo deve se apresentar ao Tribunal Municipal de Kirkland na segunda-feira.

(Por Jonathan Allen em Nova York)