Vamos chegar no auge na hora certa, diz Messi

sábado, 21 de junho de 2014 20:23 BRT
 

BELO HORIZONTE (Reuters) - O capitão da Argentina, Lionel Messi, cujo gol na última hora deu aos argentinos a vitória sobre o Irã pela Copa do Mundo neste sábado, resultado que colocou a equipe nas oitavas de final do torneio, disse que sua equipe vai evoluir conforme a competição for acontecendo e chegará ao auge na hora certa.

Os argentinos conseguiram a magra vitória por 1 x 0 contra os azarões asiáticos graças ao gol de Messi nos acréscimos, o segundo dele no Mundial, chegando aos seis pontos no Grupo F.

Eles encerram a participação na primeira fase contra a Nigéria, depois de terem derrotado a Bósnia por 2 x 1 na estreia.

"Se analisarmos as duas partidas, podemos dizer que podemos jogar melhor", disse Messi, escolhido como melhor jogador da partida, a jornalistas. "Mas conforme formos avançando no torneio, vamos melhorar e alcançar nosso potencial."

"Sabemos que não estamos jogando tão bem quanto esperávamos", acrescentou.

A Argentina é apontada como uma das favoritas para vencer o torneio, mas até agora não convenceu, dada a talentosa equipe que possui.

"Foi difícil superar a defesa deles para achar espaço. Precisamos de espaços porque é aí que somos perigosos", disse Messi.

Ele e seus parceiros de ataque --Sergio Aguero, Angel Di Maria e Gonzalo Higuaín-- tiveram oportunidades de marcar, especialmente no primeiro tempo, mas foram ficando cada vez mais frustrados com o desenrolar da partida.

"Não acho que eles estavam marcando só a mim. Tanto eu quanto Di Maria não conseguimos criar espaços", disse Messi.

A Argentina mais uma vez teve de depender de um momento de mágica de Messi no final. O atacante acertou um belo chute em curva de perna esquerda, provocando grande comemoração nas arquibancadas e no banco de reservas.

"Quando eu vi que tinha marcado, eu fiquei muito, muito feliz, porque estávamos nos acréscimos e queríamos garantir que nos classificaríamos. Então as pessoas começaram a gritar, se abraçar, sorrir. Foi um momento maravilhoso", disse o jogador, quatro vezes eleito o melhor do mundo.

 
Lionel Messi, da seleção argentina, comemora gol marcado contra o Irã em Belo Horizonte. 21/06/2014. REUTERS/Sergio Perez