June 22, 2014 / 1:07 AM / 3 years ago

Gol de Odemwingie encerra espera nigeriana e elimina Bósnia

3 Min, DE LEITURA

Jogadores da Nigéria comemoram vitória sobre a Bósnia em Cuiabá. 21/06/2014.Michael Dalder

CUIABÁ (Reuters) - A Nigéria derrotou a Bósnia por 1 x 0 neste sábado para conquistar sua primeira vitória em Copa do Mundo desde 1998 e condenar a seleção europeia à eliminação na fase de grupos na primeira vez que disputa o torneio.

O gol de Peter Odemwingie aos 29 minutos de jogo deixou a equipe africana com quatro pontos em dois jogos, dois a menos que a Argentina, a quem eles enfrentam na última partida das duas equipes no Grupo F, na quarta-feira, em um jogo que vale a liderança da chave.

"Passaram-se 16 anos e nenhuma vitória para nosso país, então estamos muito empolgados", disse Odemwingie em entrevista na televisão.

"Precisávamos dessa vitória. Eles têm alguns jogadores fantásticos, então estamos felizes de nos recuperarmos do que o nosso povo achou uma performance fraca em nossa primeira partida (0 x 0 com o Irã)."

"As vitórias afetam as pessoas de maneiras diferentes, então agora estamos olhando para cima e se chegarmos à segunda fase, tudo pode acontecer. Talvez estejamos tão inspirados quanto na última Copa Africana de Nações."

A Nigéria fez o gol da vitória quando Odemwingie passou para Emmanuel Emenike na direita e correu para a área para receber a devolução rasteira, antes de superar o goleiro Asmir Begovic.

O banco de reservas da Bósnia reclamou muito com a arbitragem de uma suposta falta de Emenike no capitão Emir Spahic antes do cruzamento.

Os novatos em Mundiais já haviam tido um gol anulado por uma decisão equivocada de impedimento contra o atacante Edin Dzeko, depois que ele correu para receber um passe longo e superou o goleiro Vincent Eneyama aos 21 minutos.

Dzeko teve ainda um outro chute defendido por Eneyama, mas ele desperdiçou muitas chances na primeira etapa e travou uma batalha solitária com a defesa nigeriana.

O goleiro bósnio fez uma série de boas defesas para manter sua equipe viva na partida no segundo tempo, que foi recheado de emoção dos dois lados e contou com uma finalização desviada de Dzeko batendo na trave nos acréscimos.

(Reportagem adicional de Mary Milliken)

Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759 REUTERS ES

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below