June 23, 2014 / 10:19 PM / 3 years ago

ANÁLISE-Brilho de Neymar e troca no meio garantem vitória sobre Camarões

3 Min, DE LEITURA

Neymar controla a bola durante vitória do Brasil sobre Camarões por 4 x 1.David Gray

SÃO PAULO (Reuters) - Uma mudança no intervalo foi o bastante para devolver a inspiração ao meio-campo da seleção brasileira contra Camarões nesta segunda-feira e Neymar, mais uma vez ele, brilhou para ajudar a equipe a se classificar em primeiro lugar no Grupo A da Copa do Mundo e, de quebra, tornar-se artilheiro do torneio.

Com meio-campistas pouco inspirados, especialmente Paulinho que mais uma vez atuou abaixo da média apesar da confiança manifestada pelo técnico Luiz Felipe Scolari, o Brasil dependeu de bolas esticadas da defesa para criar jogadas ofensivas no primeiro tempo.

Foi justamente num lance desses que Neymar fez o segundo gol seu e do Brasil na partida. A defesa camaronesa rebateu o chutão da defesa brasileira, Marcelo passou para o astro do Barcelona que chutou da entrada da área após jogada individual.

Embora pareça contraditório, o jogador de meio que mais contribuiu ofensivamente para o Brasil na primeira etapa foi o volante Luiz Gustavo, justamente aquele cuja função primordial é a marcação. Ele roubou a bola no meio e desceu pela esquerda para cruzar rasteiro na medida para Neymar abrir o placar contra os camaroneses.

Atuando pelo lado do campo, Oscar, único escalado por Felipão que tem característica de armador, não assumiu esse papel. Paulinho novamente não foi o mesmo jogador que se destacou pelo Corinthians e pela seleção na Copa das Confederações.

"Não vejo que o Paulinho caiu de produção. Ele está voltando a melhorar. Ele vinha de algumas dificuldades e temos de dar o tempo de crescimento", disse Felipão na entrevista coletiva na véspera do jogo contra Camarões.

"Eu confio cegamente no Paulinho. Gosto dele como jogador, admiro a pessoa do Paulinho, o jeito e dedicação. Pode não estar no momento ideal, mas confio plenamente."

Essa confiança, no entanto, parece ter durado somente 45 minutos nesta segunda-feira. Para o segundo tempo, Felipão colocou Fernandinho, teve boa temporada no Manchester City, campeão da liga inglesa, a mesma em que atua Paulinho, no lugar do ex-jogador do Corinthians.

A entrada de Fernandinho fez efeito. O Brasil também passou a ter mais volume de jogo e a ameaçar mais a defesa de Camarões.

O jogador do Manchester City participou da jogada que resultou no terceiro gol do Brasil, marcado por Fred de cabeça, e fez o quarto gol da seleção, de bico, colocando definitivamente uma dúvida na cabeça do treinador da seleção.

Caberá agora a Felipão decidir se mantém a mudança contra o Chile nas oitavas de final ou se mantém sua confiança "cega" na equipe titular que conquistou a Copa das Confederações há cerca de um ano dessa vez numa partida em que derrota significa eliminação.

O Brasil enfrentará o Chile em Belo Horizonte no próximo sábado às 13h.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below