23 de Junho de 2014 / às 22:19 / 3 anos atrás

Brasil goleia Camarões por 4 x 1 com 2 gols de Neymar e passa em 1o; Chile é próximo rival

Neymar comemora com time vitória sobre Camarões no estádio Mané Garrincha, Brasília. 23/6/2014.Ueslei Marcelino

BRASÍLIA (Reuters) - O Brasil garantiu classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo em primeiro lugar do Grupo A com uma goleada de 4 x 1 sobre Camarões, nesta segunda-feira, conquistada graças ao talento de Neymar, que marcou dois gols no primeiro tempo que abriram caminho para a vitória contra um adversário já eliminado.

Fred marcou o terceiro gol no início do segundo tempo e Fernandinho fechou o placar, numa segunda etapa bem mais tranquila para a seleção brasileira do que a primeira, quando Camarões conseguiu empatar logo após Neymar ter aberto o marcador, e ainda acertou uma bola no travessão.

A vitória conquistada diante de 69.112 torcedores no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, coloca o Brasil na liderança do Grupo A com 7 pontos em três jogos, e agora a equipe vai enfrentar o Chile, que passou como segundo do Grupo B, no sábado, em Belo Horizonte.

"Nós fizemos por merecer esse placar e acho que a gente vai com mais confiança (para o próximo jogo)", disse Neymar após a partida.

O México ficou em segundo no grupo do Brasil, também com sete pontos após vencer a Croácia por 3 x 1 nesta segunda-feira, mas ficou em desvantagem em relação aos brasileiros no saldo de gols.

Ainda que o futebol do Brasil não tenha sido o mesmo daquela vitória de 3 x 0 sobre a Espanha na final da Copa das Confederações do ano passado, a torcida aclamou a seleção com o grito de "o campeão voltou" durante a goleada contra Camarões, que já entrou em campo eliminado.

Em busca de recuperar a eficiente marcação sob pressão que resultou em gols no início de partidas no torneio do ano passado, a seleção brasileira se posicionou dentro do campo de Camarões no começo da partida e conseguiu encurralar o adversário.

Com um minuto de jogo, Hulk sofreu falta ao tentar invadir a área pela ponta direita, e no minuto seguinte Paulinho foi travado pela marcação na hora do chute, após boa jogada pela direita de Daniel Alves e Neymar.

Os lances empolgaram a torcida, que ainda estava de pé nas arquibancadas após cantar o hino a capela, como de costume. A pressão brasileira, no entanto, não durou.

Livre do sufoco inicial, Camarões passou a valorizar a posse de bola e equilibrou as ações. A seleção africana chegou com perigo numa jogada de ultrapassagem pelo lado esquerdo, em que Choupo-Moting cruzou rasteiro e David Luiz afastou o perigo.

MEIO-CAMPO

Sem criatividade no meio-campo, problema que o time também enfrentou no empate de 0 x 0 com o México na semana passada, o Brasil conseguiu abrir o marcador graças à pressão no campo adversário.

Três brasileiros cercaram Nyom na esquerda do ataque do Brasil até que Luiz Gustavo roubou a bola e avançou com ela dominada. O volante encontrou Neymar livre na área, e o camisa 10 teve apenas o trabalho de tirar do goleiro, aos 17 minutos.

Ainda que o gol tenha resultado numa melhora do Brasil em campo --Fred e Neymar até tiveram chances de ampliar-- Camarões voltou a crescer e chegou ao empate nove minutos depois, após uma sequência de lances de perigo contra o Brasil.

Primeiro Thiago Silva afastou mal uma bola, quase marcando gol contra. Na cobrança do corner resultante da jogada, Matip cabeceou e a bola atingiu o travessão. O gol saiu no ataque seguinte, numa jogada em que Nyom passou por Daniel Alves e cruzou para Matip apenas empurrar para a rede, depois que a bola cruzou toda a defesa do Brasil.

Neymar, que foi o único destaque no primeiro tempo, garantiu a vantagem da equipe antes do intervalo numa bonita arrancada em que se livrou da marcação e bateu colocado da entrada da área, aos 35 minutos, anotando seu quarto gol em três jogos na Copa do Mundo.

O brasileiro, aclamado pelo estádio após o gol, é agora o artilheiro da competição.

FERNANDINHO

A volta para o segundo tempo trouxe para a seleção uma substituição que mudou o volume de jogo da equipe e que pode se tornar definitiva na sequência da Copa do Mundo: Fernandinho no lugar de Paulinho.

O jogador do Manchester City apresentou-se bem tanto na contenção como na armação de jogadas, e foi dele o passe para David Luiz cruzar para Fred fazer o terceiro gol brasileiro, logo aos 4 minutos do segundo tempo.

O gol foi o primeiro na competição do centroavante, que vinha sendo questionado à exemplo do que aconteceu na Copa das Confederações por ter passado os dois primeiros jogos em branco.

Coroando a excelente partida, Fernandinho ainda marcou o quarto gol brasileiro, aos 39 minutos, após triangulação envolvendo ainda Oscar e Fred.

Hulk, que voltou ao time titular após ficar de fora do jogo com os mexicanos devido a um incômodo muscular na coxa, foi substituído por Ramires, e Felipão também tirou Neymar para a entrada de Willian.

Pendurado com um amarelo, Neymar ficaria de fora das oitavas de final se levasse outro cartão.

Com a goleada assegurada e a vaga confirmada no mata-mata, a torcida comemorou o resultado com gritos de "olé". Após o apito final, os jogadores comemoraram bastante em campo e agradeceram o apoio recebido da arquibancada.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below