Seleção comemora ter recuperado espírito da Copa das Confederações

segunda-feira, 23 de junho de 2014 21:27 BRT
 

Por Pedro Fonseca

BRASÍLIA (Reuters) - O futebol ainda não foi o mesmo, mas a seleção brasileira comemorou ter recuperado na vitória contra Camarões ao menos o espírito coletivo e de entrega na marcação que foi a marca registrada do time na conquista da Copa das Confederações no ano passado.

Criticada nos dois primeiros jogos da Copa do Mundo, contra Croácia e México, por não ter repetido o padrão das atuações do torneio de 2013, a equipe se esforçou para fazer uma marcação sob pressão contra Camarões no jogo desta segunda-feira, em Brasília, e abriu o marcador da goleada por 4 x 1 justamente dessa forma.

"A gente reencontrou aquele espírito da Copa das Confederações, ficou nítido isso para o torcedor e para nós mesmos, isso foi algo que a gente combinou antes do jogo. Agora é manter esse espírito para a próxima fase", afirmou o goleiro Julio Cesar a repórteres no Estádio Nacional Mané Garrincha.

"Foi um excelente jogo para trazer confiança e moral para o grupo", acrescentou.

O Brasil entrou em campo pressionado por não ter conseguido convencer tanto no empate por 0 x 0 com o México como na vitória por 3 x 1 sobre a Croácia nas rodadas anteriores do Mundial, e logo de cara foi possível perceber uma mudança na ambição da equipe para marcar os adversários.

A seleção conseguiu pressionar Camarões em seu próprio campo e criou boas oportunidades de abrir o placar antes dos 10 minutos de jogo.

Sem balançar a rede, no entanto, o time afrouxou e foi ameaçado pelos adversários, até que numa roubada de bola de Luiz Gustavo no campo de ataque o volante fez boa jogada e deu passe para Neymar abrir o marcador.

O atacante também fez o segundo gol do Brasil, garantindo a vantagem de 2 x 1 no intervalo depois que Matip havia empatado para os camaroneses, que entraram em campo já eliminados após duas derrotas.   Continuação...

 
Fred comemora gol do Brasil contra Camarões.   REUTERS/Ueslei Marcelino