Itália e Inglaterra fazem campanha contra Suárez, diz advogado

quarta-feira, 25 de junho de 2014 12:01 BRT
 

MONTEVIDÉU (Reuters) - O advogado de Luis Suárez acredita na existência de uma campanha na Europa contra o polêmico atacante, que prepara nesta quarta-feira sua defesa após ser acusado de morder um zagueiro italiano durante a vitória do Uruguai por 1 x 0 na partida pelo Grupo D da Copa do Mundo.

"Não temos nenhuma dúvida de que isso aconteceu por se tratar de Suárez e segundo pela Itália ter sido eliminada", disse o membro do conselho da federação uruguaia Alejandro Balbi, que assumiu a defesa de Suárez.

"Há uma grande pressão da Inglaterra e da Itália", disse Balbi a uma rádio uruguaia. "Estamos terminando de preparar um argumento de defesa. Podemos também optar por um testemunho presencial de Suárez ante o comitê disciplinar da Fifa."

A Fifa abriu inquérito sobre o incidente ocorrido na terça-feira durante a partida em Natal, que ganhou as manchetes de todo mundo. A vitória do Uruguai garantiu a vaga nas oitavas de final, pela qual vai enfrentar a Colômbia no sábado.

Suárez, que já foi punido duas vez por morder oponentes, deve receber mais uma longa suspensão, apesar de não ter sido punido durante o jogo pela mordida no zagueiro italiano Giorgio Chiellini.

"Há uma possibilidade de que o suspendam, porque há precedentes, mas estamos convencidos de que foi uma jogada absolutamente casual, porque se Chiellini tem um ombro arranhado para mostrar, Suárez tem um olho machucado e quase fechado", disse Balbi.

"Se todo jogador começar a mostrar as lesões que sofre e abrirem inquéritos sobre elas, tudo vai ficar muito complicado no futuro. Vamos usar todos os argumentos possíveis para que Luis saia dessa da melhor maneira possível."

JÚBILO URUGUAIO   Continuação...

 
Luis Suárez, da seleção do Uruguai, chega para entrevista coletiva em Natal. 23/06/2014. REUTERS/Carlos Barria