Mancini desponta como favorito para ser novo técnico da Itália

quarta-feira, 25 de junho de 2014 13:40 BRT
 

Por Simon Evans

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Ex-técnico da Inter de Milão e do Manchester City, Roberto Mancini despontou como favorito para ser o novo técnico da seleção da Itália, depois que Cesare Prandelli pediu demissão na esteira da eliminação italiana da Copa do Mundo na terça-feira.

A derrota de 1 x 0 para o Uruguai tirou os italianos do torneio após a derrota para a Costa Rica e a vitória sobre a Inglaterra no Grupo D, e Prandelli disse assumir a responsabilidade pelo fiasco.

O influente jornal Gazzetta dello Sport citou Mancini como o mais provável para receber a oferta do emprego, assim como Massimiliano Allegri, ex-treinador do Milan.

Mancini está disponível, já que deixou o clube turco Galatasaray neste mês e tem o apoio do técnico do Sampdoria, Sinisa Mihajlovic.

“Acho que, entre os mencionados, Mancini é o mais apropriado – é relativamente jovem, mas tem experiência. Treinou na Itália e no exterior, venceu aqui e fora”, disse Mihajlovic, que foi colega de time de Mancini na Lazio, ao Gazzetta.

Os outros nomes mencionados para o cargo são o ex-treinador do Udinense e do Roma Luciano Spalletti, que foi demitido em março do Zenit de São Petersburgo, e o ex-técnico do Milan Alberto Zaccheroni, que não conseguiu superar a fase de grupos do Mundial comandando a seleção japonesa.

((Tradução Redação Rio de Janeiro 55 21 22237149))REUTERS SPA

 
Técnico Roberto Mancini enm coletiva de imprensa em Londres. 17/3/2014 REUTERS/Arquivo/Suzanne Plunkett