Seria histórico eliminar o Brasil, diz goleiro do Chile

quarta-feira, 25 de junho de 2014 16:33 BRT
 

Por Luis Ampuero

BELO HORIZONTE (Reuters) - A seleção chilena realizaria uma conquista histórica na Copa do Mundo se conseguir vencer no sábado o anfitrião Brasil nas oitavas de final, disse nesta quarta-feira o goleiro e capitão, Claudio Bravo, em entrevista à imprensa.

O Chile, que venceu a campeã Espanha na primeira fase, tentará também se vingar da eliminação sofrida na África do Sul em 2010 ao ser derrotado pelo Brasil.

"Temos uma ocasião histórica, perante um rival com história, com títulos e será uma boa oportunidade de deixar o anfitrião fora", disse Bravo na concentração do Chile na casa do Cruzeiro, a Toca da Raposa 2, em Belo Horizonte.

Na quarta-feira, o poderoso Barcelona, da Espanha, confirmou a contratação de Bravo.

O Chile, que no Brasil se potencializou como uma equipe competitiva, busca realizar o sonho de conquistar a primeira Copa do Mundo e avançou às oitavas depois de vencer Austrália, Espanha e perder para a Holanda. Brasil e Chile jogam no sábado, no Mineirão.

"Baseamos nossas forças em acreditar em nós mesmos. Nos preocupa nossa parte, que é chegar bem contra o Brasil e realizar um jogo como contra a Espanha. Com a Holanda o nível do jogo também foi alto", destacou Bravo durante a entrevista concedida ao lado do goleiro reserva Cristopher Toselli.

(Reportagem de Luis Ampuero)

 
Goleiro do Chile, Claudio Bravo, em partida contra a Holanda na Arena Corinthians, em São Paulo. 23/6/2014 REUTERS/Sergio Moraes