Argentina tenta poupar Messi para oitavas de final

quarta-feira, 25 de junho de 2014 18:49 BRT
 

PORTO ALEGRE (Reuters) - Lionel Messi marcou gols em todos os jogos da Argentina até agora na Copa do Mundo, e, embora os sul-americanos claramente dependam do atacante, o técnico Alejandro Sabella está receoso em pressioná-lo demais antes das oitavas de final.

O atacante marcou dois gols nesta quarta-feira e ajudou a Argentina a assegurar uma vitória por 3 x 2 sobre os campeões africanos, a Nigéria, e a ficar em primeiro lugar no Grupo F.

Mas Sabella o substituiu por Ricardo Álvarez, aos 18 minutos do segundo tempo, e ele se explicou aos repórteres: "precisamos que Messi descanse".

O jogador de 27 anos, que celebrou seu aniversário na terça-feira, também fez gol nas vitórias contra a Bósnia por 2 x 1 e contra o Irã por 1 x 0, confirmando o favoritismo da Argentina.

"Estamos indo bem", disse Messi a repórteres quando questionado se estava cansado. "Agora temos cinco a seis dias para descansar e estou bem".

Após levantar o troféu nas copas de 1978 e 1986, Sabella disse que era hora de a Argentina vencer outro título.

Messi não poderia estar mais de acordo.

"Acredito que não haja nada mais bonito do que ser campeão mundial com a seleção, ver a alegria de todo o país", disse.

Sabella ficou satisfeito com a maneira como a Argentina jogou contra a Nigéria no Beira-Rio, em Porto Alegre.

"No geral, o time melhorou", disse, "eles tiveram bom controle da bola e foram capazes de apresentar perigo ao adversário".

(Por Angus MacSwan)

 
Lionel Messi, da seleção argentina, comemora gol marcado contra a Nigéria em Porto Alegre. 25/06/2014. REUTERS/Darren Staples