Neymar trata bem a bola até em corrida em volta do campo

quarta-feira, 25 de junho de 2014 20:09 BRT
 

Por Pedro Fonseca

TERESÓPOLIS Rio de Janeiro (Reuters) - Liberados do treino desta quarta-feira para se recuperar do desgaste da vitória de 4 x 1 sobre Camarões, jogadores titulares da seleção brasileira foram a campo na Granja Comary apenas para uma corridinha leve, a exceção de Neymar, que correu fazendo malabarismos com a bola em volta do campo.

Consagrado como um dos melhores jogadores do mundo com 22 anos, o atacante faz da intimidade com a bola um traço fundamental de seu jogo, e parece cada vez mais à vontade com ela em campo com o avançar das partidas da Copa do Mundo.

Ainda que Camarões fosse um adversário frágil e já eliminado, Neymar colocou em prática um repertório de dribles e jogadas de efeito que relembrou seus melhores momentos pelo Santos. Sem falar nos dois gols marcados na partida, que o colocam como artilheiro do Mundial ao lado de Messi.

"Pelo potencial do Neymar, ele pode fazer muito mais pela seleção. Ele nem começou ainda", disse Willian, reserva do atacante na seleção brasileira, a repórteres após o treino desta quarta.

O camisa 10 é apontado pelos próprios companheiros de time como o jogador com a capacidade diferenciada que pode liderar o Brasil na conquista inédita do título mundial em casa, o que tem se confirmado a cada partida.

Num primeiro tempo ruim do Brasil contra Camarões, em Brasília, na segunda-feira, só Neymar salvou. O atacante fez os dois gols brasileiros, deu dribles desconcertantes e ainda teve disposição de sobra para ajudar na marcação. Foi aclamado pela torcida com menos de 30 minutos.

O papel-chave de Neymar coloca em dúvida o que será da seleção brasileira se ele não estiver em campo. Com um cartão amarelo recebido logo na estreia contra a Croácia, o jogador está a apenas mais um amarelo de ser suspenso.

Contra os camaroneses ele foi empurrado para fora de campo e levou uma encarada de um rival após tentar um drible de chaleira, mas manteve-se tranquilo e passou ileso. Precisa ficar assim até as quartas de final, quando os cartões serão zerados.   Continuação...

 
Atacante brasileiro Neymar durante treino em Teresópolis. 25/6/2014 REUTERS/Marcelo Regua (BRAZIL  - Tags: SOCCER SPORT WORLD CUP)