Os pecados e punições de Luis Suárez

quinta-feira, 26 de junho de 2014 13:57 BRT
 

BELO HORIZONTE (Reuters) - O uruguaio Luis Suárez, um dos melhores jogadores do mundo mas também um dos mais instáveis, recebeu uma suspensão de 9 jogos na quinta-feira e foi suspenso de qualquer atividade ligada ao futebol por quatro meses por ter mordido um zagueiro italiano na Copa do Mundo. Aqui estão os detalhes dos principais incidentes na carreira cheia de polêmicas de Suárez:2 de julho de 2010 - Nas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul, Suárez usou as mãos nos últimos minutos da prorrogação para bloquear uma bola de Gana que entraria na meta uruguaia enquanto o jogo estava empatado em 1 x 1.

Ele foi expulso mas comemorou muito quando Gana perdeu o pênalti marcado no lance. O Uruguai venceu nos pênaltis, impedindo a seleção ganesa de se tornar a primeira equipe africana a chegar nas semifinais de uma Copa do Mundo. Sua punição foi perder a próxima partida, na qual o Uruguai foi derrotado. 

20 de novembro, 2010. Jogando pelo Ajax Amsterdam na Holanda, Suárez mordeu o ombro do jogador Otman Bakkal, do PSV Eindhoven. A agressão, a primeira de suas mordidas, lhe garantiu uma suspensão de sete jogos e um apelido da imprensa holandesa: "O canibal do Ajax". 

15 de outubro, 2011. Jogando pelo Liverpool, Suárez foi acusado de uma ofensa racial contra Patrice Evra, do Manchester United, durante uma partida do Campeonato Inglês. Ele foi suspenso por oito partidas e multado em 40 mil libras (68 mil dólares).

21 de abril, 2013. Em uma partida contra o Chelsea, Suárez também mordeu o zagueiro Branislav Ivanovic no braço. Ele foi suspenso por 10 jogos e vilanizado pelo público e pelos jornais britânicos. 

24 de junho, 2014. Na última partida da fase de grupos da Copa do Mundo do Brasil, com o placar ainda em 0 x 0, Suárez mordeu o defensor Giorgio Chiellini no ombro antes de cair rolando no chão e apertando seus dentes. Os italianos ainda estavam protestando quando o Uruguai marcou e os eliminou do torneio.

A Fifa suspendeu o jogador por nove partidas, e proibiu o uruguaio de realizar qualquer atividade relacionada ao futebol por quatro meses, imprimindo também uma multa de 100 mil francos suíços (111 mil dólares).

 
Luis Suárez, da seleção do Uruguai, dá entrevista coletiva antes de treino em Natal. 23/06/2014. REUTERS/Carlos Barria