Schweinsteiger não está contente com posição na seleção da Alemanha

sexta-feira, 27 de junho de 2014 16:36 BRT
 

Por Erik Kirschbaum

SANTO ANDRÉ Bahia (Reuters) - O alemão Bastian Schweinsteiger não tem demonstrado contentamento nesta edição da Copa do Mundo.

O meia de 29 anos corria em silêncio com o goleiro Manuel Neuer durante o treino da Alemanha nesta sexta-feira sem um sorriso ou uma palavra direcionada a dezenas de jornalistas, aumentando a especulação de que está aborrecido em ser reserva.

Jogador jovial e prolixo nas duas últimas Copas do Mundo, na Alemanha e na África do Sul --quando ele jogou todas as 12 partidas em equipes que alcançaram a semifinal-- Schweinsteiger tem ignorado a imprensa no Brasil e não fala nem com a TV alemã.

"Ele é o tipo de jogador que prefere se pronunciar no campo", disse o porta-voz alemão Jens Grittner quando questionado sobre os relatos na imprensa alemã de que Schweinsteiger estaria infeliz por apenas começar titular em uma das três partidas da fase de grupos.

Schweinsteiger, que tem 104 partidas com a camisa da seleção, sentou no banco durante toda a partida entre Alemanha e Portugal, vencida por 4 x 0, e jogou apenas os 20 minutos finais no empate de 2 x 2 com Gana.

"Ele deu sua resposta no campo ontem", disse Grittner, referindo-se ao elogiado desempenho do meia na vitória de 1 x 0 sobre os Estados Unidos, que garantiu aos europeus o primeiro lugar do grupo. "A opinião do técnico sobre ele foi bastante positiva".

O técnico Joachim Loew disse à TV alemã que “Bastian Schweinsteiger fez um trabalho muito, muito bom".

Mesmo assim, o jogador, substituído aos 30 minutos do segundo tempo, ainda ignorava repórteres que o esperavam na zona mista a caminho do ônibus da equipe após a partida em Recife.

No treino de sexta-feira, ele não participou do exercício de regeneração com os outros titulares.

É provável que Loew comece a próxima partida com Sami Khedira, do Real Madrid, que precisou de uma folga na quinta-feira, em vez de Schweinsteiger.

 
Goleiro alemão Manuel Neuer (esquerda) corre ao lado de colega de equipe Bastian Schweinsteiger durante treino em Santo André (BA). 27/6/2014 REUTERS/Arnd Wiegmann