Brasil e Chile decidem nos pênaltis vaga nas quartas após empate no Mineirão

sábado, 28 de junho de 2014 15:53 BRT
 

Por Tatiana Ramil

BELO HORIZONTE (Reuters) - Brasil e Chile vão decidir nos pênaltis uma vaga nas quartas de final da Copa do Mundo após empate de 1 x 1 no tempo normal que permaneceu inalterado na prorrogação da partida disputada neste sábado, no Mineirão.

Os chilenos quase venceram o jogo tenso no final do tempo extra, quando Pinilla acertou um chute no travessão.

Os dois gols do jogo saíram em um primeiro tempo cheio de faltas duras e roubadas de bola, em que o Brasil abriu o marcador com David Luiz mas pagou por um erro primário na defesa cometido por Hulk.

A seleção abriu o placar aos 18 minutos numa cobrança de escanteio de Neymar. Thiago Silva escorou de cabeça e David Luiz completou para o gol no segundo pau, mesmo pressionado por Jara.

O empate do Chile aconteceu aos 32 minutos. Hulk errou passe para Marcelo na devolução de uma cobrança de lateral do lado da área do Brasil, permitindo que Vargas roubasse a bola e passasse para Sánchez, que finalizou rasteiro no canto do goleiro Julio Cesar.

O clima de tensão permaneceu no segundo tempo, quando um gol de Hulk foi anulado pelo árbitro inglês Howard Webb, aos 10 minutos, por considerar que o jogador brasileiro dominou a bola com o braço e não com o ombro. Hulk ainda levou cartão amarelo no lance.

O vencedor de Brasil x Chile vai enfrentar nas quartas de final o ganhador do duelo entre Colômbia e Uruguai, que se enfrentam mais tarde neste sábado no Maracanã.

(Texto de Pedro Fonseca; Edição de Maria Pia Palermo)

 
Goleiro Claudio Bravo (C) pega bola, com de Neymar e o chileno Francisco Silva   atrás durante partida no Mineirão. 28/6/2014.  REUTERS/Dylan Martinez