June 28, 2014 / 9:34 PM / 3 years ago

Vitória com emoção pode trazer coisas boas para o Brasil, diz Felipão

3 Min, DE LEITURA

Felipão comemora com Marcelo vitória sobre o Chile no Mineirão. 28/06/2014Sergio Perez

BELO HORIZONTE (Reuters) - A tensão vivida na partida em que o Brasil venceu o Chile nos pênaltis pode resultar em consequências positivas para a seleção brasileira na Copa do Mundo, afirmou neste sábado o técnico Luiz Felipe Scolari, para quem as falhas de finalização no primeiro tempo puseram em risco a classificação de seu time.

"A cada jogo o nível vai subindo, a dificuldade vai aumentando, mas quando ganha com essa emoção, com essa forma de ganhar, pode fazer disso uma coisa boa, que pelo desempenho valeu a pena. A gente vai buscar nos melhores momentos para valorizar", disse Felipão em entrevista coletiva no estádio do Mineirão.

O Brasil venceu o Chile por 3 x 2 nos pênaltis após empate de 1 x 1 no tempo normal, que permaneceu inalterado na prorrogação. O goleiro Julio Cesar defendeu duas cobranças e o chileno Jara errou a última do Chile, garantindo a classificação do Brasil para as quartas de final.

A partida no Mineirão foi equilibrada, com o Brasil tendo menos posse de bola (49 por cento ante 51 por cento do Chile), mas chutando mais a gol, 23 contra 13 dos chilenos.

Felipão ressaltou que sabia da dificuldade de enfrentar os chilenos, já que havia alertado para a organização e força dos rivais sul-americanos pouco depois do sorteio dos grupos da Copa, em dezembro, mas acredita que o Brasil poderia ter marcado mais gols na primeira etapa.

Depois de sair na frente com um gol do zagueiro David Luiz, o Brasil permitiu o empate ainda no primeiro tempo, num lateral cobrado por Marcelo na defesa que Hulk passou errado e resultou no gol de Alexis Sánchez.

"Nós fizemos o gol, depois tomamos o gol no lateral, o que não se admite num nível como o nosso, e tivemos três, quatro chances e não fizemos por detalhes, e aí se corre risco. Quando não se faz o gol, corre-se sempre mais riscos", afirmou.

No segundo tempo, o Brasil teve menos chances e apresentava dificuldades para criar jogadas. Para Felipão, a inexperiência da equipe pode ter pesado. Na disputa por pênaltis, Hulk e Willian erraram suas cobranças.

"Preocupa um pouco, porque mesmo os jogadores mais experientes sentem uma Copa do Mundo, quem disser que não sente, está mentindo, é um jogo diferente. Como a gente tem muita gente nova, vai acrescentar para eles no futuro, vamos ver se a gente comete menos erros nos jogos eliminatórios", afirmou.

Após o jogo exaustivo, Felipão disse que os atletas vão ganhar folga até segunda-feira, quando vão se reapresentar no centro de treinamento da Granja Comary, em Teresópolis (RJ), visando o duelo da próxima fase.

O Brasil vai enfrentar o ganhador de Colômbia e Uruguai, que se enfrentam neste sábado no Maracanã.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below