28 de Junho de 2014 / às 23:20 / 3 anos atrás

Brasileiros esperam dificuldades também contra habilidosa Colômbia

Marcelo briga pela bola em jogo do Brasi contra o Chile. 28/06/2014 REUTERS/Dylan Martinez

BELO HORIZONTE (Reuters) - A seleção brasileira acredita que vai encontrar dificuldade novamente contra a Colômbia, adversária nas quartas de final da Copa do Mundo, na próxima sexta-feira, em Fortaleza, após sofrer para derrotar o Chile, nos pênaltis, neste sábado.

O time colombiano passou para as oitavas de final do Mundial ao vencer o Uruguai, neste sábado, no Maracanã, por 2 x 0. Já o Brasil derrotou o Chile nos pênaltis após empate de 1 x 1 no tempo normal e prorrogação.

Brasil e Colômbia se enfrentaram num amistoso em 2012, nos Estados Unidos, e empataram em 1 x 1. O técnico do Brasil ainda era Mano Menezes, antecessor de Luiz Felipe Scolari.

“Jogamos com eles e vimos ali a força da Colômbia. Foi um jogo complicado e que sofremos muito naquele jogo”, disse o capitão do Brasil, o zagueiro Thiago Silva.

“A Colômbia será uma grande adversária. Tem uma excelente equipe e sabemos que vamos encontrar dificuldades”, acrescentou.

Aquele amistoso nos Estados Unidos ficou marcado pela dificuldade imposta pelo adversário e por um pênalti perdido pelo atacante Neymar. “Eu lembro que o Neymar chutou lá no alto e podíamos ter vencido um jogo difícil como aquele”, disse o zagueiro.

Os colombianos têm apresentado na Copa do Mundo um futebol vistoso e se classificaram com facilidade para as oitavas de final. A equipe já havia sido um dos destaques nas eliminatórias para a Copa do Brasil, mas veio para o Mundial sem o seu principal jogador, o atacante Falcão Garcia, contundido.

“Não dá para garantir que não vai ter sofrimento mais. É Copa do Mundo e vai ser duro até o fim. Não tem jeito e com a Colômbia não será diferente”, disse o meia atacante Willian sobre o próximo jogo.

O técnico Felipão acrescentou: “A Colômbia tem um futebol mais solto, mais rápido e mais envolvente”.

O jogo entre Brasil e Colômbia, será em Fortaleza, local onde a seleção de Felipão empatou com o México por 0 x 0 na primeira fase.

(Reportagem adicional de Tatiana Ramil; Edição de Pedro Fonseca)

tatiana.ramil@thomsonreuters.com; 5511 56447765; Reuters Messaging: tatiana.ramil.thomsonreuters.com@reuters.net

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below