Colômbia, e não polêmica com Suárez, encerrou esperança do Uruguai, diz técnico

sábado, 28 de junho de 2014 21:14 BRT
 

Por Simon Evans

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O técnico do Uruguai, Oscar Tabárez, disse que as esperanças de seu time na Copa do Mundo foram encerradas pela qualidade da Colômbia e não devido à polêmica envolvendo Luis Suárez.

O colombiano James Rodríguez marcou duas vezes pela Colômbia na vitória de 2 x 0 no Maracanã, pelas oitavas de final do Mundial, neste sábado, e Tabárez foi genoroso em seus elogios ao time vencedor.

"Quando você enfrenta um adversário que faz certas coisas melhor, você tem que aceitar", disse o técnico, de 67 anos, a repórteres.

"Então nós aceitamos a derrota, parabenizamos nosso oponente e desejamos bem a eles, como um time sul-americano, para o restante da competição", acrescentou.

Perguntado se a suspensão de quatro meses imposta a Suárez e toda a polêmica devido à mordida dele em um jogador italiano numa partida da primeira fase havia retirado a energia de seu time, Tabárez minimizou o incidente.

"Não sei qual energia poderíamos ter perdido sobre Suárez. Nós aceitamos a suspensão, criticamos a dureza excessiva da sanção, e esse é o sentimento de todo o povo", disse.

"O espetáculo do futebol precisa de jogadores da qualidade de Suárez, nós tentamos defendê-lo, como deve ser feito com pessoas que são parte do nosso grupo e dividem os mesmos objetivos", acrescentou.

"Mas quando ele não estava mais disponível para estar conosco, foi o fim disso, nós tínhamos nossa energia", finalizou o técnico uruguaio.

 
Técnico do Uruguai Tabárez contra a Colômbia. 28/06/2014 REUTERS/Ricardo Moraes