Fifa investiga incidente no túnel da partida entre Brasil e Chile

domingo, 29 de junho de 2014 15:31 BRT
 

Por Mike Collett

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Fifa está investigando um suposto confronto entre o diretor de comunicação da CBF e o jogador chileno Mauricio Pinilla no túnel que dá acesso ao campo no intervalo da partida no sábado no Mineirão, em Belo Horizonte, afirmou a entidade.

"Aconteceu um incidente e o comitê disciplinar está analisando a questão", afirmou a porta-voz Delia Fischer a jornalistas no domingo.

O diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva, que está sendo investigado, disse após a partida que houve uma briga com Pinilla no segundo tempo e que ele o empurrou em legítima defesa.

"Foi uma bagunça. Não foi algo em que só eu estava envolvido. Pinilla veio em minha direção e eu me defendi, mas não dei um soco."

Pinilla entrou na partida no Mineirão aos 42 minutos do segundo tempo, pouco antes da prorrogação. Com poucos segundos para o final ele acertou um chute forte no travessão.

Com o placar empatado em 1 x 1 depois de 120 minutos de jogo, a partida foi para os pênaltis e Pinilla perdeu o seu.

A disputa foi vencida por 3 x 2 nos pênaltis e o Brasil passou para as quartas de final, quando enfrentará a Colômbia em Fortaleza, na sexta-feira.