Presidente e torcedores vão às ruas na Costa Rica para celebrar vitória

segunda-feira, 30 de junho de 2014 12:06 BRT
 

SAN JOSÉ (Reuters) - As ruas da Costa Rica foram tomadas no domingo por milhares de torcedores, entre os quais o presidente Luis Guillermo Solís, para a celebração da classificação da seleção de futebol para as quartas de final.

Jogando sua quarta Copa do Mundo, a Costa Rica fez história ao alcançar as quartas de final pela primeira vez após vencer a Grécia por 5 x 3 nos pênaltis, uma vez que o jogo no tempo regulamentar terminou empatado em 1 x 1.

“Isso é história! Um povo celebra por vocês, rapazes. Grande seleção!”, escreveu Solís em sua página no Twitter.

O presidente acompanhou sua mensagem com várias fotos, na quais aparece festejando com milhares de costarriquenhos na Fonte da Hispanidade, marco histórico da capital San José.

Milhares de torcedores com a camiseta vermelha da seleção saíram às principais avenidas tocando cornetas e agitando bandeiras da Costa Rica.

“Foi um pouco tenso, mas a Costa Rica está mostrando a cara pela América Central”, disse à Reuters Carlos Loma, torcedor de 22 anos.

Aos 21 minutos do segundo tempo a Costa Rica teve um jogador expulso na defesa, Oscar Duarte, e jogou todo o restante da etapa e toda a prorrogação com um homem a menos.

Nas quartas de final, a Costa Rica enfrentará em 5 de julho, em Salvador, a Holanda, que no domingo eliminou o México após vencer por 2 x 1.

“A Holanda é difícil, mas não impossível”, disse Diego Chávez, de 30 anos.

Este é o quarto Mundial da Costa Rica. Na Itália, em 1990, o time alcançou as oitavas de final, enquanto na Coreia-Japão (2002) e Alemanha (2006) a equipe ficou para trás na fase de grupos.

(Por Zach Dyer na Costa Rica)

 
Milhares comemoram, em San José, vitória da Costa Rica sobre Grécia na Copa do Mundo.  29/6/2014. REUTERS/Juan Carlos Ulate