30 de Junho de 2014 / às 22:59 / 3 anos atrás

Alemanha precisa de prorrogação para vencer Argélia por 2 x 1

Jogador da Alemanha Mesut Ozil (esquerda) faz gol contra Argélia no Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre. 30/6/2014Leonhard Foeger

PORTO ALEGRE (Reuters) - A Alemanha foi pressionada até o fim por uma inspirada seleção da Argélia nesta segunda-feira, antes de Andre Schuerrle e Mesut Ozil garantirem a vitória na prorrogação por 2 x 1, colocando os europeus nas quartas de final para enfrentar a França.

Os africanos jogaram com energia e confiança para regularmente conseguir expor a defesa alemã, e Islam Slimani conseguiu balançar a rede ainda no tempo regulamentar, embora o gol tenha sido anulado por impedimento.

Mas o goleiro Rais Mbolhi brilhou durante a partida, salvando importantes bolas de Toni Kroos, Mario Goetze e Thomas Mueller, mantendo a partida sem gols até a prorrogação.

O gol veio 90 segundos depois do começo da prorrogação, quando o substituto Schuerrle arrematou um cruzamento rasteiro de Mueller.

Ozil marcou no segundo tempo da prorrogação e, embora Abdelmoumene Djabou tenha reduzido a diferença bem no final da partida, a Alemanha conseguiu manter seu notável recorde de chegar pelo menos às quartas de final em todas as Copas que disputou desde 1938.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below