Argentina vence Suíça na prorrogação e vai às quartas de final

terça-feira, 1 de julho de 2014 16:22 BRT
 

Por Tatiana Ramil

SÃO PAULO (Reuters) - A seleção argentina mais uma vez contou com o talento de Lionel Messi e derrotou a Suíça por 1 x 0 nesta terça-feira, com um gol marcado por Angel Dí Maria no segundo tempo da prorrogação, se classificando para as quartas de final da Copa do Mundo.

Depois do empate em 0 x 0 no tempo normal da partida disputada na Arena Corinthians, em São Paulo, uma linda jogada de Messi, que deixou um marcador para trás, resultou no gol de Dí Maria.

Em mais um jogo muito equilibrado nas oitavas de final do Mundial, essa foi a quarta partida a precisar de prorrogação. A Argentina teve mais posse de bola e pressionou em busca do gol, mas os suíços tiveram as melhores chances do primeiro tempo.

Após o intervalo, os argentinos ficaram ainda mais no campo de ataque, porém com Messi bem marcado, às vezes por até três rivais, e os outros atacantes pouco inspirados, a equipe sul-americana parou nas defesas do goleiro Diego Benaglio, até que Messi, que havia marcado gols em todos os jogos no torneio, desequilibrou e deixou Di María livre na direita para fazer o gol da classificação.

A torcida de 63.255 pessoas foi uma atração e estava dividida na Arena Corinthians. Havia muitos argentinos, mas seus gritos tradicionais eram logo abafados por vaias de brasileiros, que eram maioria no estádio.

Os brasileiros ainda provocavam gritando "pentacampeão" e "olé" quando os suíços pegavam na bola. Com Pelé na tribuna, os argentinos rebatiam cantando que "Maradona é melhor do que Pelé".

O jogo começou com a Argentina assumindo o controle do jogo, mas quem finalizou primeiro foi a Suíça, aos 9 minutos, quando Gokhan Inler chutou por cima do travessão de fora da área.

A primeira boa chance argentina veio só aos 25 minutos, em um cabeceio de Higuaín para fora depois de cobrança de falta de Messi.   Continuação...

 
Di Maria comemora gol da Argentina com Messi . REUTERS/Ivan Alvarado