Idealizador de Olimpíadas de Londres se diz confiante no Rio 2016

terça-feira, 1 de julho de 2014 17:35 BRT
 

Por Josh Reich

LONDRES (Reuters) - Sebastian Coe, o homem que ajudou a idealizar as Olimpíadas de Londres, em 2012, diz que o Rio de Janeiro sem dúvida enfrenta desafios para sediar os Jogos de 2016, mas acrescentou que está convencido que o evento será um sucesso.

A cidade vai abrigar os primeiros Jogos Olímpicos da América do Sul, mas tem sofrido críticas por seu lento progresso, levando o vice-presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), John Coates, a dizer, em abril, que os preparativos eram os piores que já havia visto e que estava bem atrás do cronograma.

"Acho que eles estão indo bem", disse Coe à Reuters em uma entrevista nesta terça-feira. "Trabalhamos bem estreitamente e eles vão ter Jogos muito bons."

"Eu conheço muito bem o comitê organizador. Não houve duas cidades que receberam os Jogos que estiveram tão perto, não houve dois presidentes de comitês organizadores que estiveram tão próximos, não houve dois prefeitos (tão próximos)."

"(O prefeito de Londres) Boris Johnson e Eduardo Paes no Rio são extremamente próximos. São raras as semanas onde não há uma delegação britânica no Rio de uma maneira ou de outra", acrescentou Coe, que agora é presidente da Associação Olímpica Britânica e vice-presidente do IAAF, entidade que administra o atletismo.

Assim como para a Copa do Mundo no Brasil, houve grande atrasos no desenvolvimento da infraestrutura e uma comunicação ruim entre o governo e os organizadores.

Coe disse que seria irreal esperar que tudo ocorresse suavemente, mas com 80 ex-funcionários do comitê organizador das Olimpíadas de Londres trabalhando no Rio, há muito mais experiência em campo.

"Não interessa onde você tem os Jogos Olímpicos, seja no Rio, em Sidney, em Londres... é a maior coisa que uma cidade pode realizar", acrescentou.

"Ninguém deveria ficar parado pensando que isso é fácil, não é. É um desafio para a cidade como nenhum outro", afirmou.

"Tudo é crítico, você está trazendo parcerias e pessoas para uma causa extraordinária, mas nunca subestime como isso é difícil."