1 de Julho de 2014 / às 20:54 / em 3 anos

Titulares do Brasil são poupados de mais um treino; Neymar aparece com atadura na perna

Neymar em treino do Brasil nesta terça-feira.Marcelo Regua

TERESÓPOLIS Rio de Janeiro (Reuters) - Os jogadores titulares da seleção brasileira foram poupados nesta terça-feira pelo segundo dia consecutivo do treino da equipe na Granja Comary e o atacante Neymar apareceu com ataduras na perna direita para acompanhar a atividade dos reservas.

Depois do desgaste da prorrogação e dos pênaltis contra o Chile nas oitavas de final, no sábado, os principais jogadores da equipe realizaram apenas exercícios na academia. Entre eles estava Neymar, que fez atividade na bicicleta ergométrica.

O camisa 10, que deixou o jogo contra os chilenos com dores na coxa esquerda e no joelho direito devido a pancadas, surpreendeu ao descer do alojamento para a academia do centro de treinamento guiando uma bicicleta.

Ao sair da academia para o campo para assistir do banco à atividade dos reservas, o jogador estava com ataduras na perna direita.

“Ele está normal; trabalhou na bicicleta, na musculação e fez tudo que o grupo que jogou com o Chile fez normalmente”, disse a repórteres o médico da seleção brasileira, José Luiz Runco.

“Ele estava mancando e não atrapalha nada. Vai treinar amanhã”, completou.

Enquanto os titulares foram poupados, os 10 jogadores de linha que começaram no banco de reservas contra o Chile realizaram um jogo-treino contra a equipe sub-20 do Fluminense.

Entre eles estava o jogador a ser escolhido pelo técnico Luiz Felipe Scolari para substituir Luiz Gustavo, suspenso por ter recebido o segundo cartão amarelo contra o Chile, na partida de sexta-feira contra a Colômbia.

Se o treinador decidir manter o esquema com dois volantes, os mais cotados para ganhar a vaga são Paulinho e Ramires, com Fernandinho de primeiro volante, mas Felipão também pode repetir o esquema com três zagueiros utilizado na conquista do pentacampeonato mundial em 2002. Nesse caso, Dante e Henrique brigam pela vaga.

Felipão poderia ainda tornar o time mais ofensivo para tentar melhorar o setor de criação com a entrada de Hernanes, mas o técnico não parece inclinado a arriscar contra a Colômbia, que tem se destacado na Copa do Mundo por ter um futebol ofensivo.

O técnico tem poupado os titulares de diversas atividades para preservar a condição física dos atletas, e aponta que o time tem se beneficiado disso uma vez que não sofreu nenhuma contusão grave durante a Copa do Mundo.

“Prefiro que meu time jogue e não treine. Eles têm que descansar porque jogaram 120 minutos de uma partida com alto desgaste físico e emocional”, declarou o médico da seleção.

Por outro lado, Felipão praticamente não testou alternativas táticas para a equipe. A formação do ataque com três meias e só um centroavante, por exemplo, nunca foi alterada por ele nos treinos na Granja Comary.

O Brasil fará apenas mais dois treinos antes do jogo de sexta-feira contra a Colômbia: quarta-feira na Granja Comary e quinta no estádio Presidente Vargas, já em Fortaleza.

(Reportagem adicional de Rodrigo Viga Gaier)

Com reportagem adicional de Rodrigo Viga Gaier; Edição de Tatiana Ramil

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below