Goleiro da Costa Rica está focado nos holandeses e não em Madri

terça-feira, 1 de julho de 2014 18:59 BRT
 

Por Andrew Cawthorne

BELO HORIZONTE (Reuters) - O goleiro da Costa Rica Keylor Navas, herói da cobrança de pênaltis contra a Grécia que garantiu aos ‘ticos’ sua primeira quarta de final da história, afirmou ignorar sua possível transferência para o Real Madrid enquanto estiver jogando a Copa do Mundo.

A Costa Rica enfrenta a Holanda no sábado.

“Há coisas mais importantes nesse momento, como a honra do país, e o desejo de fazer história pela Costa Rica”, disse Navas aos jornalistas que lhe perguntaram sobre notícias da mídia espanhola de que o Real Madrid gostaria de contratá-lo.

“Estou relaxado. Estou focado na seleção nacional. Um Mundial é uma oportunidade única e estou concentrado nisso. Para mim, o mais importante é a Costa Rica”, acrescentou ele após o treinamento.

O jogador de 27 anos defende atualmente o Levante da Espanha e se tornou em um dos goleiros mais bem cotados do Campeonato Espanhol.

A mídia espanhola tem especulado que o Real Madrid pode demitir seu dois goleiros Iker Casillas e Diego López.

A Holanda é franca favorita a despachar a Costa Rica do Mundial, embora o time centro-americano tenha sido a maior surpresa da competição, depois de vencer a Itália e o Uruguai e empatar com a Inglaterra para terminar em primeiro de seu grupo.

“Vamos dar nossas vidas contra a Holanda. Tudo pode acontecer, mas vamos tentar vencer, vai ser um dos jogos mais bonitos de nossas vidas”, disse Navas.

(Reportagem adicional de Carlos Pacheco, na Cidade do México)

 
Goleiro da Costa Rica Keilor Navas em partida contra a Grécia, em Recife.  29/6/ 2014.     REUTERS/Damir Sagolj