Goleiro da Costa Rica tem dores mas atuará contra Holanda

quarta-feira, 2 de julho de 2014 16:40 BRT
 

SANTOS (Reuters) - O goleiro da seleção da Costa Rica, Keylor Navas, teve dores no ombro, mas não será impedido de atuar na partida contra a Holanda nas quartas de final da Copa do Mundo, disse nesta quarta-feira o preparador físico Erick Sánchez.

Navas tornou-se a estrela da seleção costarriquenha durante o Mundial devido às suas destacadas atuações, a última delas na partida de domingo contra a Grécia, na qual o goleiro defendeu um pênalti na última cobrança e, antes disso, evitou um gol no fim da prorrogação.

A Costa Rica fez história ao se classificar pela primeira vez às quartas de final, após vencer os gregos por 5 x 3 nas cobranças de pênaltis, depois do empate de 1 x 1 nos 90 minutos regulamentares e nos 30 de prorrogação.

"Navas está com um problema no ombro, uma lesão que tem que ser tratada com muito cuidado, mas que não quer dizer que esteja em perigo de ficar de fora contra a Holanda", disse Sánchez a jornalistas.

Ele não deu detalhes sobre as dores de Navas, que tem trabalhado separadamente do grupo nos treinamentos dirigidos pelo técnico colombiano Jorge Luis Pinto.

"Vamos ter muito cuidado, embora seja melhor que não trabalhe na semana para estar bem no sábado", acrescentou o preparador físico.

Costa Rica e Holanda se enfrentarão no sábado na Arena Fonte Nova, em Salvador.

 
Goleiro Keylor Navas, da Costa Rica, defende cobrança de pênalti de Theofanis Gekas, da Grécia, em Recife. 29/06/2014.  REUTERS/Damir Sagolj