Alemanha considera escalar Lahm como lateral-direito

quarta-feira, 2 de julho de 2014 16:44 BRT
 

Por Erik Kirschbaum

SANTO ANDRÉ Bahia (Reuters) - A Alemanha está aberta à opção de colocar o capitão Philipp Lahm como lateral, posição na qual ele se destacou nas últimas duas Copas do Mundo, disse o assistente técnico Andreas Koepke nesta quarta-feira.

Respondendo ao debate na Alemanha após o time de Loew ter sofrido para vencer a Argélia em 2 x 1 na prorrogação durante as oitavas de final, Koepke disse que tirar Lahm do meio-campo, posição na qual ele ainda não brilhou, era uma possibilidade.

"Não há dúvidas de que Lahm é um super jogador como lateral-direito", disse Koepke a repórteres na concentração da Alemanha em Santo André, Bahia, antes da partida pelas quartas de final contra a França na sexta-feira.

"Não é o caso de que não vamos nos desviar de certas coisas se acreditarmos que elas nos levarão ao sucesso. Não estamos sendo teimosos em nosso ponto de vista", acrescentou ele após muitos alemães, incluindo o ministro do Interior, Thomas de Maiziere, que também é ministro dos Esportes, ter dito que Lahm está jogando fora de posição.

Loew escalou Lahm, de 30 anos, como meio-campista nas quatro partidas da Alemanha na Copa, mas ele tem tido um desempenho sem brilho, obtendo comentários principalmente negativos na imprensa alemã.

Somente após ter ido para a lateral direita em uma emergência, devido à lesão de Shkodran Mustafi no final da partida contra a Argélia, que Lahm impressionou os torcedores alemães, a imprensa e também antigos jogadores da seleção.

"Estamos naturalmente discutindo essas coisas internamente também", disse Koepke, que é o técnico de goleiros, mas passou grande parte da coletiva de imprensa respondendo a perguntas sobre Lahm.

"No fim temos que fazer o que estamos convencidos que é certo. Temos que ver qual é a melhor escalação contra a França."

 
Jogador alemão Lahm concede entrevista no dia 29 de junho. REUTERS/Edgard Garrido